Autor Tópico: Viagem ao Uruguai 2014  (Lida 4683 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Viagem ao Uruguai 2014
« Online: Junho 17, 2015, 12:24:27 am »
Pessoal

A pedido da galera, vou postar aqui os relatos da viagem que fizemos em 2014 para o Uruguai, entre os dias 01 e 10 de março de 2014.
O intuito foi fazer uma viagem para fora do país, num lugar mais tranquilo, a fim de "soltar o braço" e viver as primeiras experiências fora do país. ESpero que gostem dos relatos...


Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #1 Online: Junho 17, 2015, 12:27:01 am »
1º dia - 01/03/2013 - Blumenau/SC - Cruz Alta/RS - 664 Kms
Acho que para qualquer pessoa que sai para uma viagem, a véspera é o dia que mais demora a passar. Neste dia, eu pelo menos, fico preocupado com um monte de coisas. Confesso que, conferi mais de 3x durante a semana o meu check list. Para me certificar de que todos os equipamentos e principalmente os documentos necessários, estavam colocados no baú.

E na noite anterior, eu conferi tudo de novo... rsrss. Detalhe, meu baú estava pronto a mais de uma semana. Na noite anterior, já estava tudo na moto. Sábado foi só acordar, tomar um café e partir.
Eu e a Sara. Ops, ainda não falei dela. A Sara é minha namorada e me acompanhou na viagem. Foi a primeira viagem grande dela. Já tinhamos ido para  Cambará do Sul, Curitiba, etc. Porém, 3.400 kms era a primeira vez. Sem contar os 10 dias que ficariamos na estrada. Mais para frente falo mais dela.

Quilometragem inicial da viagem
Voltando a manhã da partida. Nós dois não conseguimos dormir direito. E as 03:30 já estávamos acordados. Tomamos um café com meus pais, colocamos os equipamentos de segurança e, pontualmente as 05:00 saimos de Blumenau. Era uma manhã com temperatura amena. Em torno dos 25°. Partimos, com objetivo de fazermos a primeira parada em Pouso Redondo.


Saída de Blumenau as 05:00 do dia 01/03/2014

Chegamos no Posto Mime de Pouso Redondo. E nesta altura, a temperatura havia caido bastante. Estava na casa dos 11°. O jeito foi parar e vestir a parte de cima da segunda pele. Senão não daria para aguentar...
De lá, fizemos uma breve parada em Lages. E depois, na divisa dos Estados. De Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Essa era a primeira "fronteira" que cruzaríamos. "A Porteira do Rio Grande". Nesta altura da viagem, a temperatura já subia um pouco. Porém, ainda mantivemos a segunda pele.

Na porteira do RS - Vacaria RS
Já em Vacaria, paramos para um abastecimento e um café. Bateu uma fome que eu detonei 2 pastéis. rsrsrs. De lá seguimos em direção a Lagoa Vermelha e Passo Fundo. Após passarmos por Lagoa Vermelha, havia uma obra na estrada que nos deixaria parado por alguns minutos. Aproveitamos para encostar numa "lancheria" (como dizem no RS), e tomarmos uma água.
Para constar: Na BR-116, havia um pedágio que está desativado. E depois na RS-285, saindo de Vacaria havia outro pedágio, que também está desativado.

Chegamos em Passo Fundo na hora do almoço. Paramos para almoçar no restaurante Panôramico. Fica bem na entrada da cidade. Haviam alguns motociclistas no local, e mais alguns chegaram logo após de nós. A maioria tinha também como destino o Uruguai. Conversamos com alguns deles, almoçamos e seguimos viagem.

Parada para Almoço no Restaurante Grill Hall Panorâmico - Passo Fundo RS

O dia estava ameno, um pouco nublado mas não havia cara de que ia chover. As estradas depois de Passo Fundo estão um pouco remendadas, mas nada grave. A paisagem sempre é bem parecida. Muitas plantações de soja. Nada de muito diferente para avistar.
De Passo Fundo, tocamos direto até Cruz Alta. Lá já fazia um pouco de calor e chegando lá por volta das 15 horas. Deu tempo para descansar um pouco. fomos direto para a casa da minha Tia Terezinha. Que nos aguardava com seus dois netos: Henrique e Ricardo.
Aproveitei a ocasião para visitar o túmulo da minha avó que faleceu em 2010. Depois fomos até o monumento de Nossa Senhora de Fátima, padroeira da cidade e que todos os anos no mês de outubro. Recebe mais de 100.000 fiéis para a festa da padroeira.
Cruz Alta é a cidade onde morei por praticamente toda a minha infância. Morei lá até os meus 16 anos. De lá fui para Guaporé e em seguida para Blumenau. Mas isso é conversa pra outra hora. Vamos voltar à viagem.




Entrada de Cruz Alta



A noite minhas primas Jaqueline e Ana Paula vieram com seus maridos: Rômulo e Odinei. O Odinei fez um belo churrasco e a minha tia, sabendo da minha apreciação pela sua lasanha. Fez uma! Com massa caseira, coisa que não estamos acostumados por aqui.

Fora a família, recebi a visita de um grande amigo meu. O Júlio. Meu amigo desde os 2 anos (faz tempo isso... kkk). Foi muito bom rever os amigos e a família. Era o primeiro dia de viagem, e ainda nos sentíamos em nossas casas.

Meu grande Amigo Júlio

Minha Tia Terezinha, Ricardo e Henrique. Seus netos.

Da Esquerda para a Direita: Ricardo, Odinei, Jaqueline, Rômulo, Henrique, Ana Paula, Antonela (na barriga da Ana) e Tia Terezinha.

Haviam outros lugares e amigos para visitarmos na cidade. Porém, o tempo era curto e havia um cronograma a ser seguido. Tinhamos que dormir para no outro dia acordarmos e seguirmos rumo a segunda fronteira da viagem.

"Relato extraído do Blog - www.insetonocapacete.com"
« Última modificação: Junho 17, 2015, 12:29:31 am por Patrick »
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline João_Biela

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 6.342
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #2 Online: Junho 17, 2015, 12:35:45 am »
E vamos viajar mais uma vez contigo!  .clap .clap .clap .clap
16 98188 8002 TIM

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #3 Online: Junho 17, 2015, 01:11:02 am »
E vamos viajar mais uma vez contigo!  .clap .clap .clap .clap

Partiu!!!!
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline jabahandebol

  • Enrolando o cabo
  • ****
  • Mensagens: 422
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #4 Online: Junho 17, 2015, 07:07:03 am »
Opa, tö junto.

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #5 Online: Junho 17, 2015, 12:17:15 pm »
2º Dia – 02/03/2014 – Cruz Alta – Santana do Livramento – 370 kms
Acordamos por volta das 07:00. Tomamos um belo café da manhã preparado pela minha tia. Nos despedimos e partimos. Primeiro fomos ao Posto da Cuia. Tem este nome, pois na frente dele há uma praça com o Nome de Praça da cuia. Nela há o monumento a cuia e ao chimarrão. E é só isso que eu sei sobre o local.
No posto encontramos um casal e mais um motociclista que também estavam a caminho do Uruguai. Porém, eles iam em direção a Jaguarão. O casal estava com uma GSX750F. E o homem sozinho, uma Hornet. Fiquei um pouco preocupado. Pois pela distância que eles iriam percorrer, ao meu ver estavam mal equipados. O casal estava com calças jeans e jaquetas de couro. A mulher, levava uma grande mochila nas costas. E o homem que estava sozinho também estava só de jeans e jaqueta de couro. Na minha opinião, estar devidamente equipado é importante. Para o conforto e, principalmente para a segurança dos motociclistas. Só quem leva um tombo sabe o quanto é importante estar bem equipado. Espero que tudo tenha corrido bem com os três. Que tenham aproveitado tanto quanto nós e retornado para casa bem. Fiquei com pena da mulher. Com aquela mochila enorme nas costas. As dores lombares foram inevitáveis. Imagina, a gente sem mochila nas costas, o corpo já reclama, com peso nas costas, fica ainda pior. Com o passar dos quilômetros, a mochila parece que aumenta de peso. No fim de um dia de viagem, é o mesmo que ter uma tonelada sobre os ombros.
Mas enfim, voltamos a viagem. Saimos de Cruz Alta com destino inicial a Santa Maria. A estrada que liga as duas cidades está bastante remendada. Há muitos desníveis e o cuidado deve ser redobrado. Neste trecho, fomos passando vários caminhões. O que notei neste trecho também foi à sinalização. Um tanto quanto confusa. Num trecho pequeno, havia 3 placas indicando Santa Maria. Porém, as quilometragens não batiam. Mesmo assim, chegamos, (risos). Na chegada à Santa Maria há uma pequena serra, que, eu conheço como Garganta do Diabo. É um visual muito bonito. De cima dela, você avista uma parte da Cidade de Santa Maria. Lá paramos num viaduto que é em curva. Tiramos algumas fotos e seguimos para a primeira parada no posto da entrada da cidade.

No viaduto da Garganta do diabo

 Vista da Cidade de Santa Maria

Viaduto da Garganta do diabo
De lá, fomos até a frente da Base aérea da Aeronáutica. Apenas para um registro fotográfico no avião que tem na frente. É um local bastante seguro para parar. Há uma espécie de pórtico e um trevo com recuo. Assim, pode-se parar e fotografar a vontade. Para chegar lá, chegando em Santa Maria de Cruz Alta, basta contornar a rotatória a esquerda e seguir as placas que indicam o distrito de Camobi. Onde também fica a UFSM. Universidade Federal de Santa Maria. São aproximadamente 8kms. No total, desviamos apenas 16 kms. Valeu a pena.


Base da Aeronáutica - Santa Maria RS

Seguimos em direção à Rosário do Sul. Nossa próxima parada. Há algumas obras no entorno de Santa Maria. Portanto, todo cuidado é pouco. Mais a frente, havia três  carros de argentinos. O meu GPS indicava para entrar à esquerda. Porém, os argentinos viraram um trevo antes, e eu virei junto.  Resultado: Os quatro indo na direção contrária. Felizmente percebi meu erro já no trevo e retornei. Logo em seguida já estava no rumo certo. A estrada de Santa Maria para Rosário do Sul, é muito boa. Bem conservada e muito pouco movimentada. A paisagem começava a mudar. Ao invés das imensas plantações de grãos, as pastagens com as “plantações de picanha” apareciam (risos). São grandes planícies que se perde a vista de tão grandes. As retas são longas e muito boas para andar. A viagem rende bem.
Chegamos em Rosário, por volta das 11:40. Na entrada da cidade, há um rio (não sei o nome), e uma espécie de praia de água doce. Pelo que sei, a população aproveita aquele local como praia mesmo. Uma boa alternativa, pois estão um pouco longe do mar.
Lá em Rosário, almoçamos na churrascaria Rodeio. Havia duas opções de espeto corrido e o mini espeto. Optamos pelo mini espeto. E para nossa surpresa, era melhor que muito espeto corrido completo. Comemos muito bem. A comida gaúcha é muito boa. Há alguns pratos que aqui em Santa Catarina não estamos acostumados a ver. Como por exemplo, abóbora caramelizada. Isso mesmo! No almoço. E claro, para acompanhar uma Coca-Cola de 1 litro. Aquela de garrafa de vidro. Que em minha opinião é mais saborosa que aquelas de garrafa PET. Acho que é psicológico. Uma delicia.
De estômago cheio e em seguida, com o tanque cheio. Voltamos à estrada. O sol estava entre as nuvens. O que a meu ver, é bom. Pois não fica tão quente. As estradas continuavam ótimas e cada vez com menos movimento. E fomos seguindo. No meio do nada, paramos. Queria registrar aquele lugar, aquela experiência e aquela alegria que para mim era estar na estrada. Como sempre sonhei. A moto estava se comportando muito bem, a minha companheira estava muito bem também. Era parceira para tudo e não estava com aparência abatida ou cansada. Estava curtindo assim como eu.
Vamos rodar! Muitas retas intermináveis, e vento! Muito vento! A moto com todo aquele peso, em alguns momentos ficava inclinada com tamanho vento que assoprava nas campanhas gaúchas.
E depois de rodar. Outra parada no meio do nada. Uma abelha ninja entrou pela luva da Sara e picou a mão dela. Ninja mesmo, pois entrou por baixo das duas luvas que ela estava usando. Paramos para os “primeiros socorros” e em seguida seguimos novamente.


Em algum lugar do Rio Grande do Sul

Patrick no seu habitat natural
Chegamos a Livramento as 15:00 aproximadamente. Fomos direto para a Pousada Pitangueiras. Fica a 4 quilômetros da entrada de Santana do Livramento. Custo bem acessível e um lugar muito bom! Fomos muito bem recebidos pelo Sr. Gustavo, proprietário da pousada. Ele nos mostrou o chalé que ficaríamos. Um chalé muito espaçoso, com ar condicionado, cama confortável e um ótimo chuveiro. Descarregamos as malas, tomamos um banho e fomos descansar. NÃO!! Vamos às compras. Santana do Livramento faz divisa com Rivera, e lá existem os famosos FREE SHOPS. A sara pira! Porém, o espaço era pouco, combinamos comprar poucas coisas.  E assim foi, compramos perfumes e outros produtos que a Sara queria (coisas de mulher). Em Rivera, há a Rua Sarandi. Onde estão os Free Shops. Porém, um pouco retirado do centro, há o Shopping Siñeriz. É gigante. Um grande shopping de uma loja só (entendeu??). Dentro é tudo dividido por setores. Perfumes, bebidas, eletrônicos, roupas, tênis, etc. Também tem cinema, supermercado, casa de cambio, café, etc. Estava lotado de brasileiros. Afinal, era domingo de carnaval. Lá, aproveitei para fazer cambio para peso uruguaio. Consegui a cotação de R$0,09 para cada peso uruguaio. E a meu ver, foi bom, pois em Colonia e Montevideo, estava na casa dos R$0,08.
Voltamos para o hotel ao entardecer. E que entardecer! Um por do sol maravilhoso contemplou o nosso segundo dia de viagem. Fomos dormir cedo. Pois o terceiro dia nos reservava muitas coisas boas.

Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline Bodão

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 84
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #6 Online: Junho 17, 2015, 12:54:03 pm »
 .clap .clap .clap .clap .clap .clap
Atual: DL 650 V-Strom 2012 - Noturna
Trabalho: Intruder 125 2011 - Mensageira
Ex: CB300r 2012
Ex: Fazer YS 250 2007 - manézinha
Ex: Falcon 2000 - dunkelblau
Ex: YBR 2004 - hellblau
Ex: CG Titan 2003 - schwarz

Offline Resmungão

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 10.564
  • Sexo: Masculino
  • FOL Curitiba
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #7 Online: Junho 18, 2015, 12:47:38 am »
 :cheguei
Após 21 anos sem moto chegou a Falcon em 2008. E em 2013 mais uma: a Manny- Tiger800XC :). 2017 foi-se a Falcon e veio XREPepsi300 :/

Os que conheci do FOL: Jotta, Audy, Roveda333,  casal Pepi/Jana e SAAB. Que Deus os tenha, e nos proteja sempre.

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #8 Online: Junho 18, 2015, 02:10:25 am »
Valeu galera. Acelerem junto com a gente!


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline Dr.MD

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 92
  • Sexo: Masculino
  • It's we on the tape
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #9 Online: Junho 18, 2015, 02:47:20 am »
Conheço a região. Minha esposa é de Santa Maria. O sogrão tem uma chácara em Itaara, perto da Garganta do Diabo.

Estou com planos de ir em Outubro, no Mercocycle

http://www.mercocycle.com.br

Já que a patroa permitiu, moto e coração na estrada!  brumm

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #10 Online: Junho 19, 2015, 12:36:17 am »
Conheço a região. Minha esposa é de Santa Maria. O sogrão tem uma chácara em Itaara, perto da Garganta do Diabo.

Estou com planos de ir em Outubro, no Mercocycle

http://www.mercocycle.com.br

Já que a patroa permitiu, moto e coração na estrada!  brumm

Legal, aquela região é muito bonita e depois de Santa Maria tem muitas retas, acelerei legal ali. Hehehehe
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline Resmungão

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 10.564
  • Sexo: Masculino
  • FOL Curitiba
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #11 Online: Junho 25, 2015, 09:04:40 am »
 romru
Após 21 anos sem moto chegou a Falcon em 2008. E em 2013 mais uma: a Manny- Tiger800XC :). 2017 foi-se a Falcon e veio XREPepsi300 :/

Os que conheci do FOL: Jotta, Audy, Roveda333,  casal Pepi/Jana e SAAB. Que Deus os tenha, e nos proteja sempre.

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #12 Online: Junho 26, 2015, 02:11:29 am »
Resmungão, voce leu meus pensamentos... hoje eu atualizo, prometo...
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #13 Online: Junho 26, 2015, 02:23:41 am »
3º Dia - Santana do Livramento / Colonia Del Sacramento - 520 Kms
Chegou o tão esperado dia. O dia de cruzar uma fronteira internacional. Acordamos por volta das 07:00, e fomos tomar um delicioso café da manhã oferecido pela Pousada Pitangueiras. Com direito à geleias caseiras, queijo colonial e outras delicias.
Depois de um belo café, chegou a hora de sair em direção à aduana. Mas o dia me reservava uma surpresa logo cedo. Paramos na entrada de Santana do Livramento para abastecermos. Depois que a moto estava abastecida, fui empurrar a moto da frente da bomba, pois o frentista queria abastecer um carro. Resultado: O cavalete lateral estava abaixado e, havia um desnivel no piso do posto. Chão! Para a moto apenas. Que bateu o baú lateral, e o protetor de motor. Só ralou o protetor, mas ele está lá para isso mesmo.
Eu estava um pouco nervoso com a experiencia de passar a fronteira. Não sabia como seria, já li tantas coisas sobre aduanas. Mas, realmente, a do Uruguai é muito tranquila. Já falo mais..
Tinha que levantar a moto. E também já vi videos, fotos, etc de como levantar a moto sozinho e sem se machucar. Na hora esqueci de tudo! Agarrei no freio dianteiro, no punho e no suporte do baú. De onde eu tirei forças, não sei. Só sei que ergui os 205 kgs da moto, mais gasolina e três baús carregados sozinho.
Depois do susto, vamos pra aduana. Chegamos lá e já eram 09:30. Eu explico: No Uruguai ainda está em vigor o horário de verão, portanto, já perdemos uma hora neste dia. Mas como lá estava tranquilo, o processo foi rápido e sem muitas delongas. Nem olharam a documentação direito. Porém, isso não quer dizer que dá pra ir sem carta verde ou autorização para sair do país no caso da necessidade. Lá conversamos com outro motociclista paranaense que também estava indo para Colonia na sua Harley Davidson 1600cc. Conversamos rapidamente com ele e seguimos. Encontrariamos ele posteriormente no trajeto.

Rodando na Ruta 5
Seguimos em direção a RUTA 5. Estrada de pista simples, porém de pista muito boa. No caminho, haviam duas fiscalizações aduaneiras. Nas duas eu parei. Porém, nem precisei descer da moto. Os policiais simplesmente fizeram gestos para que eu seguisse sem parar.
Nossa primeira parada foi na cidade de Tacuarembó. Paramos no posto ANCAP da entrada da cidade. E nos sentimos como verdadeiros alienigenas. As pessoas nos olhavam com cara de espanto. E o mais legal, algumas vieram conversar conosco. Perguntaram de onde eramos, para onde iamos. E o que era aquele aparelho pendurado no guidão da moto? Era o GPS. Foi engraçado, eu explicando para uma mulher o que o GPS fazia e como funcionava. Tacuarembó tem a festa do Gaúcho. Que se realizou agora no dia 16 de março. Se não me engano, a festa se chama dia do Orgulho Gaúcho.

Entrada da Cidade de Tacuarembó
Depois da moto abastecida, mais estrada. Ventava muito, praticamente não tinha sol, e a temperatura estava na casa dos 18°. Agradável! A estrada era muito boa mesmo. Retas muito longas e pouco movimentadas. Pouca policia Caminera e alguns caminhões que carregavam madeira.
O almoço foi no vilarejo de Paso de Los Toros. Havia um restaurante muito legal lá. Comemos empanada, com papas fritas. Prato bem conhecido. E tomamos um refrigerante sabor Pomelo. Pedimos na curiosidade do que seria. E nada mais era que uma Schweppes Citrus, hahahaha. Mas enfim, a comida estava bem feita. Porém com pouco tempero. Mas deu tudo certo. Só o garçon que era meio mal humorado. Na hora da conta ele escreveu que a taxa de serviço não estava inclusa. Nem preciso dizer que não paguei nada né? hahaha. Lá encontramos o motocilclista do Paraná novamente. Falamos rapidamente e cada um seguiu seu caminho.
O interior do Uruguai é um pouco assustador. As cidades que passamos são muito pobres. Muitos casébres, favelas, carros e motos antigos fazem parte do cenário. Os postos pelo caminho são bons. Bem limpos, com boas lojas de conveniências (que eu aprecio...) e wi fi grátis.

 Os geradores que não geravam nada!

 Só os cabelos da Sara que estavam ao vento

Desculpem a minha cara estranha. Foi o melhor que deu pra fazer
Depois desta parada, fizemos outra na cidade de Durazno. Lá, abastecemos num posto ESSO. O preço do combustivel não é dos melhores por lá. Algo em torno de R$3,60. Mas era o que tinha.
Passamos por uma fazenda eólica com mais de 50 geradores eólicos. Curiosidade: O dia estava ventando muito, porém, nenhum deles sequer se mexia. Vai entender.
Mais estrada, mais retas longas e muito, mas muito vento. A paisagem é basicamente de campanha. Muitas planícies cobertas por pasto e muito gado. Além de ovelhas. Você perde a vista vendo a paisagem. Muito bonito, diferente da nossa região de Santa Catarina em que vivemos. Muito agradável.
Paramos em frente á uma base da força aérea Uruguaia. Os leitores me perdoem, mas não lembro o nome da cidade que era. Mas haviam alguns aviões expostos e não perdi a oportunidade de parar e fotografar.



Base da força aérea uruguaia. Em algum lugar da Ruta 5
Passamos também por uma cidadezinha que se chama Trinidad. Lá, achei que estava pegando o caminho errado. Pois haviam dois ônibus de turismo na minha frente, meu GPS indicava virar a esquerda, porém, os ônibus seguiram a direita. E eu, pensando com meus botões: Esses ônibus devem ser de turistas a caminho de Colonia. Mas ainda bem que segui o GPS, porque eu estava no caminho certo!
Paramos para tomar um café em Florencio Sanchez, outra cidadezinha muito pequena, e aparentemente muito pobre. De lá, faltava apenas 100kms para

Continuamos mais alguns kms na RUTA 5. Depois ela junta com a RUTA 1. Nela rodariamos mais alguns kms no decorrer da viagem. A RUTA 1 começa (ou termina) em Colonia e termina (ou começa) em Montevideo (entendeu?!?!). Por um trecho andamos em pista dupla. Porém, acredito que uns 30 quilometros antes de Colonia, a pista é simples. Porém, em ótimas condições. Aqui nesta parte da viagem, o movimento na estrada já se acentuava. IMPORTANTE: Existem algumas pontes estreitas pelo caminho. Onde só passa um sentido do fluxo de cada vez. Tome cuidado, pois um dos lados sempre dá a preferência de acordo com a sinalização horizontal destas pontes.
A entrada de Colonia del Sacramento é muito bonita. Por aproximadamente 5 kms há palmeiras muito grandes, fazendo uma espécie de avenida exclusiva. São as boas vindas aos turistas que ali chegam.
Chegamos em Colonia por volta das 17 horas (horário local). E fomos direto para o hotel EL VIAJERO. Um hotel muito bem localizado. Na Calle Odriozola. Ela é a rua onde começa o centro histórico. E a 2 quadras estava o centro da cidade. E ainda com uma pequena vista para o Mar Del Plata. Descansamos um pouco e começamos as atividades pela cidade ainda aquele dia.






O nosso dia havia sido excelente. Cheio de descobertas e novos lugares para nós dois. Chegamos em Colonia animados e cheios de disposição para encarar os demais dias da viagem. Estava só começando.


"Relato Extraído do blog - www.insetonocapacete.com"
« Última modificação: Junho 26, 2015, 02:24:44 am por Patrick »
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline FlaDH

  • Enrolando o cabo
  • ****
  • Mensagens: 441
  • Sexo: Masculino
  • Linha Nova RS
Re:Viagem ao Uruguai 2014
« Resposta #14 Online: Julho 14, 2015, 01:24:24 pm »
 .clap .clap .clap :thumleft: