Autor Tópico: Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos  (Lida 26459 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Resmungão

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 10.570
  • Sexo: Masculino
  • FOL Curitiba
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #105 Online: Junho 02, 2015, 02:28:48 am »
Biela, pensei a mesma coisa ao ver a foto  :thumleft:
Após 21 anos sem moto chegou a Falcon em 2008. E em 2013 mais uma: a Manny- Tiger800XC :). 2017 foi-se a Falcon e veio XREPepsi300 :/

Os que conheci do FOL: Jotta, Audy, Roveda333,  casal Pepi/Jana e SAAB. Que Deus os tenha, e nos proteja sempre.

Offline João_Biela

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 6.397
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #106 Online: Junho 02, 2015, 02:46:48 am »
Biela, pensei a mesma coisa ao ver a foto  :thumleft:

 :salut: ,10468
16 98188 8002 TIM

Offline Bastião (Giovani Buzzi)

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 4.091
  • Sexo: Masculino
  • Santa Maria Madalena - RJ
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #107 Online: Junho 02, 2015, 02:48:03 am »
Show de relato  .clap .clap .clap

A vida é feita de emoções. E emoção é que não falta no seu texto. Estou viajando e sentindo a viagem a cada linha dos seus posts.

"Oh quão bom e quão suave é que o irmãos vivam em união!" (Salmo 133)

Moto Clube BODES DO ASFALTO
Grupo BASTIÕES DA ESTRADA.

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #108 Online: Junho 02, 2015, 06:23:16 am »
Show de relato  .clap .clap .clap

A vida é feita de emoções. E emoção é que não falta no seu texto. Estou viajando e sentindo a viagem a cada linha dos seus posts.

Obrigado Bastião!!! O próximo dia foi também de grande emoção, vou tentar postar hoje ainda.


Abraço
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #109 Online: Junho 02, 2015, 09:48:15 am »
Dia 12 - Antofagasta x Vallenar - 732 Kms
Depois de uma noite revigorante naquele hotel de Antofagasta, era hora de partir. Mas antes ainda tomamos um belo café da manhã digno dos hotéis das serras gaúcha e catarinense. Fazia alguns dias que não tomávamos um café com tamanha variedade de doces, salgados e pães. Normalmente era apenas 1 pão, uma xícara de café e manteiga. O Hotel Spark atendeu e superou todas nossas expectativas em Antofagasta, recomendo a todos. Mas recomendo reservar com antecedência, pois aparentemente está sempre lotado.
Estava um belo dia de sol, sem nenhuma nuvem no céu, e nosso primeiro destino era a Mão do Deserto. Que fica a 50 quilômetros de Antofagasta no sentido sul. Era o ponto que dava nome à nossa expedição e que tinha grande importância para mim, e para muitos motociclistas que vão até lá. Apesar do sol e céu limpo, a temperatura era bastante amena, na casa dos 20°, e tinha um pouco de vento.
Pegamos a Ruta 5, em direção ao sul, era o início da volta pra casa, porém, com muitas coisas pelo caminho para ver. E aquele dia era muito especial. Finalmente chegaríamos a mão do Deserto. Já ouvi que é apenas uma escultura de concreto no deserto, porém, de tanto ver fotos e relatos de motociclistas que foram até lá, e ver o quanto alguns consideram aquele local, criei uma grande vontade de ir lá. Para mim, foi o marco da viagem. O marco do sonho realizado. Estar lá, do outro lado do nosso continente, a bordo de uma moto, era uma aventura que para muitos que conheço, um pouco comum, porém, para tantos outros, uma loucura. Para mim, um sonho antigo, um desejo que carreguei por anos e que finalmente se tornava realidade.
Passamos o trevo onde vai em direção ao litoral e pelo mapa do GPS via o alfinete da mão se aproximando cada vez mais. Até que a mão começava a dar o seu ar da graça, no horizonte, em meio à todo aquele deserto, uma grande mão surgia, um momento inesquecível para mim. E bastante emocionante também. Dentro do meu capacete, um filme passava na minha cabeça, as dificuldades, as desistencias em outras épocas da viagem, enfim. Tudo passou rápido na minha cabeça. E ao mesmo tempo eu pensava: Nossa, chegamos aqui! Eu não acredito. E você leitor, deve estar se perguntando: Nossa, tudo isso por causa de uma escultura? Sim caro leitor, tudo isso por chegar numa mão de concreto. Do outro lado do nosso continente, depois de rodar uns 4.000 quilômetros, passar frio e calor, e graças a Deus pouca chuva. Depois de ver muita gente chegar lá, chegava a minha vez. Agradecia a Deus por aquilo tudo, por estar ali com segurança e pedia a Deus que nos protegesse na volta, que ainda era longa. Eu estava realizado naquele momento.
Tiramos muitas fotos, esperamos um pouco para que alguns turistas terminassem as suas fotos para que começássemos o nosso "book". Inclusive, tiramos fotos nas costas da mão, muito bem feita, com todos os detalhes de uma mão de verdade.






















Lá conhecemos um motociclista solitário, a bordo de uma Tiger 800XC, ele era de Honduras e estava a caminho do Ushuaia. Ia fazer a revisão de 10.000kms em Santiago de sua moto, depois encontraria alguns amigos em Buenos Aires para seguir para o fim do mundo. Pensa no tamanho da aventura.
Depois de muito fotografar, era hora de seguir viagem. Muita gente, segue ao sul pela Ruta 5 mesmo, porém, resolvi acatar a sugestão do amigo Beto, e voltamos uns 15 kms sentido norte, e viramos a esquerda, sentido Paposo. Por este caminho, volta-se para a beira do mar. E antes de chegar próximo ao Pacífico, descemos uma linda serra. Lá de cima, dava pra avistar o povoado de Paposo. No caminho, vários monumentos em homenagem à pessoas que morreram naquelas curvas sinuosas. Um tanto quando mórbido, porém, nos ajuda a manter a cautela pelo caminho, são belas paisagens, com belas curvas, mas que se não feitas com cuidado, podem ser fatais.
Lá em Paposo, procuramos um posto para abastecer as motos, porém, sem sucesso, na cidade não há posto nenhum. Gasolina somente em Taltal. Fomos na ponta dos dedos, estava apreensivo que alguém ficasse sem gasolina. Felizmente chegamos sem maiores problemas. Encontramos um posto Copec, onde abastecemos e fizemos um lanche.







Seguimos em frente, com a próxima parada na cidade de Chañaral, cidade que foi drasticamente afetada por uma grande enchente recentemente, passamos apenas para abastecer e seguimos adiante. No caminho, muitas obras pelo caminho, as estradas estão todas em obras. Com grandes desvios, alguns chegamos a andar uns 2 kms deserto adentro até voltar ao asfalto. As paradas eram longas, dava pra tirar o capacete, descer da moto e esperar. Num desses desce e sobe na moto, quando a Sara foi subir na moto, eu não estava com os pés bem firmes no chão e a moto foi pendendo para o lado direito, a Sara tentou segurar a moto com um dedo (risos), e eu pedia a ela que deixasse a moto encostar no chão. Eu fui deitando a moto devagar, até que o baú encostou no chão e felizmente a moto não prensou meu pé ou da Sara. O Alencar nos ajudou a levantar a moto, e atrás de nós, muitos carros aguardavam levantar a moto para seguirem. Nada grave, graças a Deus.









Passamos ainda pela cidade de Caldera, onde abastecemos novamente, e depois disso, saímos da beira do Pacífico definitivamente. Chegamos em Copiapó e novamente encontramos o Hondurenho que seguia para o Ushuaia, já era umas 5 da tarde, resolvemos comer, um belo prato de "lomo A lo Pobre", um belo prato antes de chegarmos no hotel.
De Copiapó até Vallenar, pista dupla. Um show! As estradas do Chile são grandes tapetes negros, porém, todo bônus tem o ônus: Pedágios, assim como no Brasil, e motos pagam. Neste dia pegamos muitos ventos laterais, isso desgastou a todos.
Chegamos em Vallenar, abastecemos as motos e fomos para o Hotel Esmerada, um hotel simples, porém, bastante limpo e acolhedor. O Senhor José nos recebeu com muita simpatia, nos ofereceu água e nos mostrou os quartos. Ele não tinha mais quartos de casal disponível, porém os de solteiro tem aquelas camas de viúvo, pronto! Problema resolvido. Nos hospedamos e fomos descansar.

"Relato extraído do blog - www.insetonocapacete.com"
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 4.126
  • Sexo: Masculino
  • Faxinal - PR
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #110 Online: Junho 02, 2015, 12:04:34 pm »
Fiquei imaginando a Sara segurando a moto pra não deitar

Viajando junto

tapatalk do Zô.
Por enquanto 2 rodas só na bike...

XRE 300
Ténéré 250
XRE 300
BROS 150
FALCON 400
BROS 150

Offline André Latau

  • Ralando as pedaleiras
  • *****
  • Mensagens: 842
  • Sexo: Masculino
  • Timbó - SC
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #111 Online: Junho 03, 2015, 12:27:40 am »
Muito legal seu relato em relação a escultura da Mão!

Ao chegar neste local de moto, deve ser uma sensação muito louca! De desafio cumprido, uma etapa vencida!!!

Showw


A LIBERDADE NÃO SE DEVE MENDIGAR! MAS SIM, CONQUISTÁ-LA!!!

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #112 Online: Junho 05, 2015, 01:46:03 am »
Dia 13 - Vallenar x Los Andes - 622 Kms
Este era o último dia inteiro no Chile, a volta para casa estava cada vez mais próxima, mas ainda tínhamos a Argentina e algumas belezas para apreciar. Tomamos café logo cedo no hotel Esmeralda. Neste hotel, tinha até ovos mexidos no café da manhã. Um luxo nos moldes dos hotéis que ficamos. O hotel estava lotado de trabalhadores que estão duplicando a Ruta 5 para aquelas bandas. Resultado: Nossas motos ficaram trancadas, e enquanto o senhor José não retirou uns 5 carros da frente, ficamos esperando. Saindo do hotel por volta das 08:00. Fazia frio naquela manhã, estava em torno de uns 15°. A cidade fica num vale, assim como a cidade que moro, Blumenau. Havia uma grande névoa sob a cidade, baixando ainda mais a temperatura.
A saída da cidade já está preparada para as obras dos seus arredores, com grandes viadutos, onde se sobe por um lado e sai do outro, uma coisa bem complexa, mas nada absurdo, o problema é que os mapas de GPS não estão atualizados, portanto, é sempre bom estudar o mapa antes de começar a rodar e ficar atento às placas. Ainda assim, erramos um viaduto, fizemos um retorno adiante e fomos adiante.
A estrada está um misto de pista dupla e pista simples. Obras e sem obras, e neste trecho o movimento é bastante intenso. A mineração é muito forte, portanto, grandes caminhões para todo lado e muitas pick-ups vermelhas sinalizadas com faixas refletivas. Estes veículos são usados pelas empresas mineradoras. Ah, e também os diversos caminhões de carga. O Chile é um país que produz pouco do que consome, ou quase nada, portanto, quase tudo bem dos países vizinhos. Acredito que, como estávamos próximos da divisa com a Argentina, muitos destes caminhões vinham de lá ou do Brasil, carregando todo tipo de produtos.


Mas enfim, eram muitos para e anda para todo lado, desvios gigantes continuavam a aparecer toda hora, isso atrasou bastante a viagem. Mas neste dia, não tínhamos nenhum ponto turístico para visitar, era apenas deslocamento. Porém, um deslocamento em grande estilo, algumas vezes beirando o mar, outras cercados por deserto de todos os lados.
Paramos na praia da Ferradura, em La Serena, pois o Gilmar queria colocar os pés no Pacífico, ficamos lá por alguns minutos e em seguida, voltamos para a estrada.
Durante praticamente o dia todo, a temperatura oscilava na casa dos 20º. Até que chegamos na "Cuesta Del Melón", uma grande montanha que havia um túnel para se cruzar, porém, também havia uma serra para cruzar ela. Fiquei bastante na dúvida, então, resolvi seguir o GPS, que me mandou pelo túnel. Antes do túnel, veio o pedágio, $1.900 chilenos, praticamente R$8,00. Fazer o que, já estávamos ali mesmo. Pela serra não havia pedágio, e acredito que tinha uma bela vista, mas naquele momento não havia mais o que fazer. Cruzamos o túnel, e como se estivessemos numa máquina do tempo que nos transporta grandes distâncias em poucos segundos, a temperatura passou de 22° para 37º, uma coisa impressionante. Na parada seguinte, era hora de tirar as segundas pelas, porque o cheiro de queimado era grande.
Logo, chegava ao fim a nossa saga na Ruta 5, era hora de virar a esquerda, em direção à divisa com a Argentina, estávamos muito próximos de Santiago, capital chilena, mas era hora de ir em direção à Argentina. Entramos na pequena Ruta 62, ali já mudava tudo, muito verde para todo lado, Essa região é cheia de pequenos povoados, e muitas fazendas produtoras de uvas para fabricação de vinhos. Penso que aquela região requer uma nova visita, tem muita coisa legal pra visitar por lá. Passamos por San Felipe, estava bastante quente, a temperatura já estava na casa dos 40°. No horizonte, dava pra ver grandes montanhas, era a cordilheira se apresentando novamente.




Chegamos na cidade de Los Andes, muito próxima à divisa com a Argentina, o hotel Rincahue estava reservado, tinha visto no site que havia piscina, estava muito animado para relaxar, porém, chegando lá, a piscina estava desativada. Até reclamei, dizendo que se tratava de propaganda enganosa. Mesmo assim, o hotel era confortável, nos fundos tinha um grande pé de laranja, onde aproveitamos para comer uma fruta colhida do pé.
Eu e a Sara fomos dar uma volta na cidade, ainda era cedo e o comércio estava todo aberto. Fiz cambio de pesos argentinos, mas não troquei muito porque o valor não estava tão favorável.
A noite jantamos um delicioso frango com salada e arroz no hotel. E também, sentimos a temperatura cair muito durante a noite. Era a nossa última noite no Chile. Um país muito bacana que visitamos, com um povo amável, porém, alguns nem tão amáveis, um contraste que estranhei bastante, porém, isso faz parte.



"Relato extraído do blog - www.insetonocapacete.com"
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline Brunholi

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 2.344
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #113 Online: Junho 05, 2015, 02:02:34 am »
Que viajem maravilhosa.

Como e bom conquistar.

Parabens meu amigo, estou aqui viajando com o relato.

Um Super abraço para vc e todos que estavam nesta viajem.

Parabens para você e sua esposa pelo casamento.

Muito 10. e muitos km´s de felicidade.
abraço
Tenere 14/14 Tenebrosa
Falcon 07/07-23/09/09a17/11/14 kelloggs
YBR 08/08-05/11/10a04/08/11 Agulha negra
CG150 05/05-16/11/05a21/09/09 Duende Verde
XLR125 02/02-02/02/2007a22/08/10 magrela
Caloi 25/12/94 até Hoje

Offline Dr.MD

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 95
  • Sexo: Masculino
  • It's we on the tape
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #114 Online: Junho 05, 2015, 02:20:12 am »
Mas que coisa! Tenho até medo de abrir o FOL esses dias.  :pale:

Entro no "Ver tópicos não lidos desde a última visita", leio "Expedição La Mano" e penso: lá se vão mais alguns minutos do dia . . .  hum.,

Mas tudo bem, relato é para ler mesmo. E relatos assim, detalhados, melhor ainda!  .clap

Continue!

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #115 Online: Junho 05, 2015, 02:42:44 am »
Fiquei imaginando a Sara segurando a moto pra não deitar

Viajando junto

tapatalk do Zô.

Zô, ela foi forte... pensei que tinha fraturado o dedo depois. Eu dizendo: Solta, solta solta! E nada dela soltar.. kkkk

Muito legal seu relato em relação a escultura da Mão!

Ao chegar neste local de moto, deve ser uma sensação muito louca! De desafio cumprido, uma etapa vencida!!!

Showw




André, realmente sensação única. Como eu citei, foi o marco para mim. O lugar que eu sonhei muito em chegar. Queria ter chegado no dia do meu aniversário, mas não deu, mas sem problemas.. Estive lá e isso valeu a pena demais...

Que viajem maravilhosa.

Como e bom conquistar.

Parabens meu amigo, estou aqui viajando com o relato.

Um Super abraço para vc e todos que estavam nesta viajem.

Parabens para você e sua esposa pelo casamento.

Muito 10. e muitos km´s de felicidade.
abraço

Brunholi, saudades de você e da sua família viu!
Obrigado pelas palavras..  Nem preciso dizer que foi incrível né? uauauau

Mas que coisa! Tenho até medo de abrir o FOL esses dias.  :pale:

Entro no "Ver tópicos não lidos desde a última visita", leio "Expedição La Mano" e penso: lá se vão mais alguns minutos do dia . . .  hum.,

Mas tudo bem, relato é para ler mesmo. E relatos assim, detalhados, melhor ainda!  .clap

Continue!

Dr. MD, hahahaha, aproveita aí, os relatos agora estão mais curtos, mas nem por isso menos detalhados...
Olha, se a galera curtiu, e quiser mais, tem os relatos da viagem para o Uruguai em 2014... Se quiserem, posso postar também...

Abraços
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline João_Biela

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 6.397
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #116 Online: Junho 05, 2015, 03:14:21 am »
 .clap .clap .clap .clap

Chegar nesse lugar deve ser uma sensação única, parabéns irmão!
16 98188 8002 TIM

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #117 Online: Junho 05, 2015, 07:58:25 am »
.clap .clap .clap .clap

Chegar nesse lugar deve ser uma sensação única, parabéns irmão!

Obrigado Mano Biela!!!
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com

Offline George.Duda

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 6.027
  • Sexo: Masculino
  • Deus acima de tudo e de todos!!!
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #118 Online: Junho 06, 2015, 04:02:38 am »
 :cheguei

minunciosamente relatos e fotos....  .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap

 combeb04

George de Souza - Nasci em CUritiba, mas me orgulho mesmo é de ser brasileiro!!!
RDzinha84Branca sem docs.. retro.. placa.. mas andava mto
>Varias>450TR86Branca>XLX350Preta>Sahara99Preta
>NX401Prata>NX408Prata>CBR25004Red>NX408Blackona!!!

Offline Patrick

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.014
  • Sexo: Masculino
Re:Expedição La Mano - Argentina e Chile - Relatos
« Resposta #119 Online: Junho 07, 2015, 08:56:35 am »
:cheguei

minunciosamente relatos e fotos....  .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap

 combeb04

Valeu!!!!
Viaje Conosco em: www.insetonocapacete.com