Autor Tópico: Viagem Solo - Argentina e Chile - 9º dia  (Lida 24908 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline João_Biela

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 6.390
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile
« Resposta #30 Online: Fevereiro 11, 2014, 02:42:19 pm »
Caramba Carioca, fico viajando nesses relatos... Parabéns, bela trip!!
Boas estradas, grande abraço!
16 98188 8002 TIM

Offline Resmungão

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 10.566
  • Sexo: Masculino
  • FOL Curitiba
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile
« Resposta #31 Online: Fevereiro 13, 2014, 03:53:27 am »

- Olhe pro horizonte e escolha sua hora, não existe hora pra viajar de moto. – Respondeu seguido de risinhos dos colegas.


Que babaca  hum., hum., hum., hum.,  ,9046 ,9046 ,9046 ,9046

Após 21 anos sem moto chegou a Falcon em 2008. E em 2013 mais uma: a Manny- Tiger800XC :). 2017 foi-se a Falcon e veio XREPepsi300 :/

Os que conheci do FOL: Jotta, Audy, Roveda333,  casal Pepi/Jana e SAAB. Que Deus os tenha, e nos proteja sempre.

Offline Nicol@u

  • MODERADORES
  • Ralando as pedaleiras
  • *****
  • Mensagens: 765
  • Sexo: Masculino
  • Santa Maria Madalena - RJ
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile
« Resposta #32 Online: Fevereiro 13, 2014, 04:10:31 am »


.'.Moto Clube Bodes do Asfalto.'.

Offline Daniel Pais

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.129
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 3º dia
« Resposta #33 Online: Fevereiro 13, 2014, 04:45:08 am »
4 º Dia – Argentina: De Leste a Oeste



Novamente a mesma sina: Acordar as 06:15, arrumar a tralha, desce tudo pra moto, café da manhã (o melhor que eu tomei na Argentina, buffet liberado), pagamento da diária, subir na montaria, dedo no start e ouvir o ronco sereno da laranjona (a gasolina pura faz a moto pegar muito bem pela manhã).

Uma coisa que me chamou a atenção no quarto foi que, apesar de estarmos no verão e com um calor brabo, o quarto tinha calefação a vapor (aquele radiador de água quente que fica num canto), denunciando que ali, no inverno, o frio deve vir de rachar.

Na saída do hotel alterei o meu GPS pra usar o mapa do Proyectomapear (até aquele momento estava usando o mapa do Garmin South America 2014.30 e no Brasil o Tracksource). O mapa da Garmin insistia em me jogar por dentro de Cordoba, porém em face das notícias de quebra-quebra e mortes que estavam ocorrendo lá, decidi evita-la.

O Mapear me jogou na rota acima, indo até San Francisco, depois entrando pela RN 158 em direção a Villa Maria, depois a direita em Rio Cuarto pela RP 30 (lindo lugar como vocês verão nas fotos), pegando depois a autopista RN 20, passando por La Toma até  San Luis  (toda em concreto) e daí a Ruta 7 até Mendoza.

Hoje é sair com o sol pelas costas e chegar em Mendoza com o sol no rosto (ou parar antes em caso de intercorrência ou cansaço). As sete da manhã entrei pela RN 19 e comecei minha viagem. Estava fresquinho pela manha e a viagem rendeu bem até San Francisco.






Chegando em San Francisco tive o meu maior problema com a Polícia.....

Antes de entrar nos pormenores do que aconteceu, devo ressaltar que não estava com a câmera acoplada no capacete (um erro, eu julguei que não haveria nada de interessante pra filmar) e o manual com a legislação estava sobre minha mala de tanque, por debaixo da capa plástica. Ressalto também que sempre que eu entrei nas cidades (em todas) eu cumpri todas as regras de transito locais: Me mantive dentro da velocidade máxima permitida, sinalizei minhas manobras e respeitei todos os sinais, inclusive aqueles que não servem pra nada (literalmente no meio do nada).

Entrei em San Francisco e comecei a atravessar a cidade. San Francisco, em seu trecho principal, é cortada por uma rua (ou estrada) de mão dupla, pista simples com acostamento, com comércio nos dois lados. Quando haviam sinais de transito eu parava normalmente, não tentava cortar os carros e indo mais a frente, agindo assim como um verdadeiro automóvel.

Nisso vejo pelo retrovisor, uns quatro carros atrás, um uno modelo antigo com o giroflex desligado. O transito fluiu e passados uns quinhentos metros o uno me passou (e os demais carros que transitavam) pelo acostamento (todo errado). Vejo escrito nele “Policia de la ilustre municipalidad de San Francisco”. Ele se alocou afrente do carro que estava imediatamente a minha frente e continuamos.

Duzentos metros depois o carro que estava a minha frente deu seta e entrou a direita, ficando eu exatamente atrás dos policiais. Rodamos mais uns trezentos metros e, de repente, eles ligam o giroflex, acionam o pisca-alerta e cada policial, de sua janela, sinalizam com a mão, apontando pro acostamento a direita, os chamarei para melhor compreensão do desenrolar da história de Tico e Teco (sendo o Tico o motorista).

Joguei seta pra direita, parei a moto no acostamento e liguei o alerta. Nisso me sai do Carro o Tico.

TECLA SAP ESPANHOL/PORTUGUES [MODE=ON]

- Bom dia . – ele para ao meu lado e aperta minha mão (costume dos policiais argentinos).

- Bom dia. – retruquei

- Você cometeu uma infração de transito lá trás... – diz o Tico

- O que eu fiz? – perguntei.

- Quando você parou no sinal de transito lá atrás, você colocou somente um pé no chão (no caso o esquerdo). Pela nossa legislação você deveria, ao parar, colocar os dois pés no chão.

TECLA SAP ESPANHOL/PORTUGUES [MODE=OFF]

- Isto es direcion pelligrosa...

- Yo no creo.... Falei com aquela cara de “tu ta de sacanagem...” hum.,

TECLA SAP ESPANHOL/PORTUGUES [MODE=ON]

- Desde que eu entrei na cidade eu venho dirigindo devagar, respeitando as regras e os limites de velocidade, sinalizando todas minha manobras, inclusive vocês estão me acompanha de longe.....

Nisso o Teco, que havia saído do carro para em frente a minha moto e fala...

- Sim nós vimos isso.

 - Olha ali! – apontei pra um moleque que passava descalço, de bermuda, sem camisa, pela contramão e sem capacete (que lá não é obrigatório).

- Ele está fazendo uma direção perigosa e vocês me param porque eu não coloquei um pé no chão quando parei no sinal?

Nisso o Teco aponta pra mala de tanque:

- Quem lhe deu isso?

- A Caminera me deu ontem, comecei e ler para entender suas leis... (conversa...)

A situação era tão idiota e inverossímil que eles olharam um pra cara do outro e viram que ali não iam arrumar nada. Não sei se ficaram também com medo de eu estar com as leis ali em meu poder, inclusive, podendo questioná-los.

 Aí o Teco me solta:

- Vamos fazer o seguinte: Você parece cansado e vamos só lhe dar uma advertência. Tem um posto de serviços a uns quinhentos metros adiante. Para lá, toma uma água e depois segue viagem.

- Feito.

Nisso os dois me apertam a mão e me desejam uma boa viagem.

Saí dali e eles foram me seguindo até eu entrar no posto. Assim que eles viram que eu parei pra abastecer, deram meia volta e voltaram ao “patrulhamento”

Abasteci, tomei uma água, coloquei a câmera no capacete e logo estava saindo de novo. Não andei um quilometro e vejo eles parando três brasileiros, uma Transalp e duas Falcon, deduzindo que eles estavam atrás mesmo é de brasileiros pra tentar tirar algum...

Segui viagem, passando por vilarejos sem graças e cidadezinhas de segunda (você engata a segunda marcha e acabou a cidade). Uma coisa que me chamou muito atenção foi a quantidade de placas de sinalização nas estradas, todas com um desenho das Ilhas Malvinas e escrito embaixo “Las Malvinas son Argentinas”. Esse assunto é uma espinha entalada no pescoço deles que, mesmo passados trinta e dois anos da guerra, continua incomodando, estando arraigado no espírito deles de que não devem esquecer do que aconteceu e de que um dia aquele território voltará a ser deles. Vi que eles, como os Chilenos, externam mais o seu patriotismo que os brasileiros, sendo comum você ver as bandeiras de seus países nas praças, repartições publicas e em diversos lugares.

Continuei a viagem, cruzando na altura de General Cabrera com um casal de idosos de Porto Alegre que estavam viajando numa Goldwing antiga e que iram pousar em San Franciso. Conversamos rapidamente e segui viagem

Em Rio Cuarto, segui o GPS e virei a direita, a princípio um pouco apreensivo pois parecia que estava entrando numa estrada secundária em má conservação. Porem a estrada foi melhorando, o transito foi diminuindo e logo estava passando por um lugar muito bonito, que só perdia em visual ao Salar de San Salvador de Jujuy e aos Caracoles Argentinos em Pumamarca. Passei por dentro de um parque que foi a 2000 metros de altitude e todo de rochas, infelizmente acabei não tirando fotos pois estava começando a ficar estressado com a gasolina.













Panorâmica do local

http://youtu.be/3Ys2pO62KGs

Viagem que segue, entrei na autopista RN 20, a qual quase não tinha transito (e nem civilização), sendo ela toda feita em concreto, passando a impressão de ser uma estrada antiga mas que o tempo não consegue destruir, me limitando durante a viagem a ouvir o “tum-tum” enquanto passava nas divisões dos blocos.

Nisso começo a me peocupar. Abasteci em San Francisco e não abasteci mais, confiando no grande tanque da V-Strom, o que lhe dá uma grande autonomia, no consumo baixo pois estava rodando devagar por aquele trecho e também na esperança de achar um posto de gasolina logo. Em Rio Cuarto deixei de abastecer pois julgava que logo iria achar um posto de gasolina (tinha rodado uns 260 km e tinha autonomia fácil pra mais 100). Adentrei a RN 20 e baixei o ritmo, pra 90/80 km/h pra melhorar o consumo. As portas de San Francisco estava beirando os 425 km rodados; já estava andando no cheiro da gasolina, pronto pra saltar da moto e usar o bidon, quando achei um posto de gasolina salvador.

Dali pra frente foi rápido. Logo na saída de San Luis existe uma placa avisando que o próximo posto de gasolina fica a 105 km de distancia. Como tinha enchido tanque, eu facilmente poderia chegar em Mendoza sem abastecer. Novamente uma Autopista em descida (e o calor aumentando), descendo até uns 200 metros do nível do mar e seguindo.

Na altura de La paz fica uma aduana sanitária, para preservar Mendoza de possíveis pragas que venham a afetar as vinícolas. Me perguntaram somente se estava levando alguma coisa de natureza alimentícia e me fizeram passar por um local de limpeza de pneus, seguindo assim viagem.



Daqui em diante a viagem rendeu rápido e logo cheguei a Mendoza, que fica a uns 870 metros de altitude, após aproximadamente treze horas de viagem, com o sol no rosto e um calor beirando os quarenta graus. Já tinha a indicação de um hotel que li em relatos de outros viajantes motociclistas e salvo na memória do meu GPS, Hotel Milena -32.894728,-68.836921, o qual indico pois tem garagem, wi-fi, café da manhã (modesto), ar condicionado, aquecimento, e que fica bem no Centro, podendo você rodar a pé pela cidade (o que acabei por fazer), tudo ao custo de cinquenta reais a diária (oitenta pra duas pessoas)



Total do Dia (GPS):
Km rodada: 941,2
Média geral:80,3 Km/h
Média rodando 93.2Km/h
Velocidade máxima alcançada: 148 km/h

Próximo dia: Passeio a Uspallata.

 ,10468
« Última modificação: Fevereiro 13, 2014, 09:01:25 am por Daniel Pais »
IX Contagem
X Curitiba
XI Macaé
XII Ribeirão Preto
XIII Arujá
XIV Urubici
XV Florianópolis
Virago XV1100 >Falcon 07 > V-Strom DL 650

" - O dia que eu perder o medo de andar de moto, será o dia que eu deixarei de andar de moto."

Offline Gelson Santos

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 2.056
  • Sexo: Masculino
  • Gelson(czoneneo)
    • Vou De Moto
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #34 Online: Fevereiro 13, 2014, 05:19:07 am »
 .clap .clap .clap .clap

Na próxima para com os dois pés e desce o pé de descanso da moto junto!  i.aia; i.aia; i.aia;

Offline Resmungão

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 10.566
  • Sexo: Masculino
  • FOL Curitiba
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #35 Online: Fevereiro 13, 2014, 05:40:50 am »
Ridículo. Os caras sempre acham alguma coisa pra tentar tirar uma casquinha  :roll:
Após 21 anos sem moto chegou a Falcon em 2008. E em 2013 mais uma: a Manny- Tiger800XC :). 2017 foi-se a Falcon e veio XREPepsi300 :/

Os que conheci do FOL: Jotta, Audy, Roveda333,  casal Pepi/Jana e SAAB. Que Deus os tenha, e nos proteja sempre.

Offline fiel

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.835
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #36 Online: Fevereiro 13, 2014, 07:02:00 am »
Caraca, eu estaria ferrado, pois não consigo por os dois pés no chão, baixinho só se ferra...

Acompanhando....
Abraços,

Fiel

Twister 2002 -> GS500 2002 -> CG FAN 2005 -> NX4 2005 -> Ténéré 660 (atual)

Offline Daniel Monteiro

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 119
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #37 Online: Fevereiro 13, 2014, 07:24:07 am »
 :cheguei

Grande Daniel, muito bom seu relato detalhado da situação, certeza que o dia que fizer uma viagem desta lembrarei das situações relatadas.

Abs

Offline Kabeça

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.210
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #38 Online: Fevereiro 13, 2014, 11:48:58 am »
Caraca, eu estaria ferrado, pois não consigo por os dois pés no chão, baixinho só se ferra...

Acompanhando....

x2
Interestaduais: II-SJRP; III-Patos de Minas; VI-Cunha; V-Barra Bonita; VI-Itamonte; VII-Limeira; VIII-Vacaria (Moto quebrou); IX-Contagem; X-Curitiba; XI-Macaé; XII-Ribeirão Preto; XIII-Arujá; XIV-Urubici e em breve Floripa!!!
I Nacional: organizamos!

Offline Andre_Araujo

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 4.110
  • Sexo: Masculino
  • Cachoeiro de Itapemirim - ES
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #39 Online: Fevereiro 13, 2014, 11:52:30 am »
 .clap .clap

Offline rodrui

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 109
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #40 Online: Fevereiro 13, 2014, 11:25:01 pm »
Daniel,

Passei por San Franscisco na volta do Chile em 2010 e já é praxe essa abordagem na cidade. Esta no mesmo esquema da Ruta 14, ficam só esperando os brasileiros passarem pra arrancar grana.

Na época eu e meu parceiro de viagem rodamos com 100 pesos pra esses fdps!!!
Vstrom DL 1000

Offline Daniel Pais

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.129
  • Sexo: Masculino
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #41 Online: Fevereiro 14, 2014, 09:29:09 am »
Daniel,

Passei por San Franscisco na volta do Chile em 2010 e já é praxe essa abordagem na cidade. Esta no mesmo esquema da Ruta 14, ficam só esperando os brasileiros passarem pra arrancar grana.

Na época eu e meu parceiro de viagem rodamos com 100 pesos pra esses fdps!!!

O grande lance agora é colocar a câmera no capacete. Depois que eu coloquei a câmera no luagar não me pararam mais. Eles viam pro meio da pista pra me parar, era só verem a câmera no capacete que me mandavam seguir.

 ,10468
IX Contagem
X Curitiba
XI Macaé
XII Ribeirão Preto
XIII Arujá
XIV Urubici
XV Florianópolis
Virago XV1100 >Falcon 07 > V-Strom DL 650

" - O dia que eu perder o medo de andar de moto, será o dia que eu deixarei de andar de moto."

Offline Rogério Colissi Alves

  • Enrolando o cabo
  • ****
  • Mensagens: 437
  • Sexo: Masculino
    • Fotos e Fatos de minha vida.
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #42 Online: Fevereiro 14, 2014, 10:59:50 am »
Daniel
A guerras das Malvinas, guardando as proporções, esta para os Argentinos como o Maracanço esta para nós Brasileiros;
Hotel Milena, já fiquei 3 vezes lá, custo beneficio excelente.
Parabéns pela viagem, novamente, e pelo relato.

Rogério Alves
Honda Transalp 2012 Branca.

Ushuaia 2018.

Offline Don.

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 8.534
  • Sexo: Masculino
  • Florianópolis / Sc.
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #43 Online: Fevereiro 14, 2014, 11:01:31 am »
Ai me fez pensar: se estou no lugar do Daniel em cima da moto faço o que?  rit50

 kkkkk; kkkkk; kkkkk; kkkkk;


Nem com banquinho colocaria os dois pés no chão... kkkkk; kkkkk;

Daniel, muito bom teu relato  .clap .clap


« Última modificação: Fevereiro 14, 2014, 11:26:13 am por Don. »
Não pense que a cabeça aguenta se você parar!

Offline ROMERO

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 3.445
  • Sexo: Masculino
  • Campinas - SP
Re:Viagem Solo - Argentina e Chile - 4º dia
« Resposta #44 Online: Fevereiro 14, 2014, 11:24:03 am »
Acompanhando tudo Daniel   :thumleft:

Faltou questionarem o extintor.  i.aia; i.aia;

@braços
ANTONIO ROMERO
F 800 GS MAÇA DO AMOR 2015
EX-XT 660R NEGONA   2007
EX-NEGUINHA     2005
EX-VERMELHONA 2002
2º,3º,4º,5º,6º,7º,9º,11º,12º,13º,15º,16º INTERESTADUAL EU FUI
1° NACIONAL EM POUSO ALEGRE - TAMBEM FUI