Autor Tópico: DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!  (Lida 2928 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Polenta

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 5.553
  • Sexo: Masculino
  • Polenta Eagle Forever!!!


DENATRAN - ESCLARECIMENTO IMPORTANTÍSSIMO

Se você bater em uma moto, ou uma moto bater em seu carro, não será uma simples colisão de trânsito.

Você é enquadrado no art. 303, do CTB.

Então as orientações abaixo são extremamente úteis e vale a pena serem
repassadas.

São pencas e pencas de T.C.O.'s do art. 303, do CTB, que chegam por
mês, principalmente envolvendo moto taxistas... esses são os piores,
pois vão querer te cobrar os prejuízos da moto e os dias que ficou
parado sem ganhar dinheiro.

ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO.

É ATROPELAMENTO!
FAÇA BOLETIM DE OCORRÊNCIA!!!

PONHA ISSO NA CABEÇA!

ORIENTAÇÃO PARA QUEM TEM CARRO! E para amigos de quem tem!!!

ISSO ACONTECE!

Abalroamento com moto não é colisão. É atropelamento.

É um aviso das Seguradoras:

"Como advogados sempre nos indagam sobre coisas parecidas, sugerimos o seguinte:

Registrar, fotografar (agora com celular é fácil até fazer um
filminho), pegar nome de testemunhas.

Leiam o relato abaixo, de um sinistro com um de nossos segurados:

"No mês de abril, o carro do meu filho foi abalroado na TRASEIRA, num
farol fechado, por uma motoqueira com outra na garupa. A moto caiu e a
garupa ficou com a perna embaixo da moto.

Meu filho filmou a placa da moto e obteve telefone com a garupa.

Telefone inexistente.

Um funcionário da CET, que estava próximo, acionou o resgate e a
motoqueira mandou cancelar.

Como ela não quis ser socorrida, o marronzinho pediu para que saíssem
do local, sem antes orientar meu filho de que seria interessante
registrar um BO. Foi o que fizemos na mesma tarde.

Um mês depois, recebi telefonema "em casa" da dita cuja, querendo
fazer um acordo, dizendo que o conserto da moto estava por volta de R$
800,00 e que a garupa machucou muito a perna, estando 20 dias sem
poder trabalhar.

Por ela não ter aceito o atendimento do resgate, disse que não teria
acordo nenhum.

Mais um mês se passou (Junho) e recebi uma intimação policial, na
minha casa, para me apresentar no distrito de Perdizes para prestar
depoimento, por "OMISSÃO DE SOCORRO".

Chegando lá, soubemos que havia sido registrado um BO e elas tinham
passado, 4 dias depois, no IML para fazer exame de corpo de delito.

Fizemos os depoimentos, meu filho como condutor, eu como proprietário
do veículo, o carro passou por perícia policial e o caso está com
minha advogada para provar que não houve omissão de socorro.

Felizmente o nosso BO foi feito antes do delas e tínhamos o nome do
policial que atendeu a ocorrência, bem como sabíamos a hora exata que
o chamado do resgate foi cancelado. Mesmo assim, a dor de cabeça e
trabalheira estão sendo grandes".

Agora, leia atentamente o texto abaixo:

Orientação das seguradoras

Todas as vezes que os senhores se envolverem em acidente de trânsito,
cujo terceiro seja um motoqueiro, façam o BO (boletim de ocorrência),
independentemente de serem culpados ou não.

Têm ocorrido fatos em que o motoqueiro é o culpado e tenta fazer um
acordo no local, diz que está bem e não quer socorro médico.

Só que, depois, ele vai a um distrito policial, registra o BO e alega
que o veículo fugiu do local sem prestar socorro, cobrando, na

justiça, dias parados, conserto da moto, etc...

Na maioria dos casos, as testemunhas do motoqueiro são outros motoqueiros.

Isto é um fato, pois está ocorrendo com muita frequência Portanto, não
caia na conversa do motoqueiro, que diz não ter acontecido nada.

Em um dos casos recentes a pessoa envolvida foi até a delegacia
registrar BO e, eis que, quando chega à delegacia, lá estavam os tais
amigos do motoqueiro tentando registrar BO de ausência de socorro.

ISTO É IMPORTANTE !!!

QUEM NÃO FOR MOTORISTA, REPASSE AOS AMIGOS.

ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO. É ATROPELAMENTO!

PONHA ISSO NA CABEÇA! OLHO VIVO!


Polenta!
(11)99984-1402
IX Contagem
X Curitiba
XI Macaé
XII Ribeirão Preto
XIII SP Organizamos
XIV Urubici
XV Floripa
XVI Pouso Alegre
Churras BarraBonita11/2013
Falcon03,Falcon07,XT660R,F800GS...
‎"A vida é muito curta, portanto curta muito a VIDA..."Mauricio Saab

Offline Alessandro Vinicius

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 27
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #1 Online: Dezembro 01, 2015, 01:15:07 am »
Muito bom Polenta, copiei e publiquei no meu facebook. Essa informação tem que ser passada para todos.

Offline Resmungão

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 10.527
  • Sexo: Masculino
  • FOL Curitiba
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #2 Online: Dezembro 01, 2015, 01:36:15 am »
Tem malandro de todo jeito. Na hora do acidente é uma coisa, depois mudam tudo. Em carroXcarro é a mesma coisa. Já tive casos de acreditar na boa fé da pessoa e depois ter que assumir o conserto pois os malandros tiraram o corpo fora.
Já tínhamos discutido aqui ( http://www.falcononline.com.br/forum/index.php?topic=9720.msg198484#msg198484  ) mas é sempre bom lembrar.

Após 21 anos sem moto chegou a Falcon em 2008. E em 2013 mais uma: a Manny- Tiger800XC :)

Os que conheci do FOL: Jotta, Audy, Roveda333,  casal Pepi/Jana e SAAB. Que Deus os tenha, e nos proteja sempre.

Offline EPS - Du

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.386
  • Sexo: Masculino
  • Ribeirão Preto/SP.
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #3 Online: Dezembro 23, 2015, 01:18:24 am »
Legal, muito bom!
Fica cada vez mais difícil acreditar no ser humano!


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Offline

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 4.110
  • Sexo: Masculino
  • Faxinal - PR
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #4 Online: Dezembro 23, 2015, 06:43:30 am »
Nos tempos de hj palavra não vale, sempre providencie documentos (b.o.)
Por enquanto 2 rodas só na bike...

XRE 300
Ténéré 250
XRE 300
BROS 150
FALCON 400
BROS 150

Offline João_Biela

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 6.268
  • Sexo: Masculino
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #5 Online: Dezembro 23, 2015, 07:44:30 am »
Falou tudo Zô...
Como minha mãe sempre diz: O que vale é o que esta no papel, preto no branco!!!
16 98188 8002 TIM

Offline Daniel Pais

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.126
  • Sexo: Masculino
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #6 Online: Dezembro 23, 2015, 08:57:35 am »
Vou contar uma história verídica pois eu atuei nela como advogado.

Meu cliente passou por um cruzamento, estando o sinal verde pra ele. No mesmo momento um motoboy avançou o sinal e abalroou o carro dele. sendo lançado a distancia, por sobre o carro do meu cliente. O referido cruzamento possuía controle eletrônico de avanço de sinal (guardem essa informação).

Por milagre o motoboy só teve leves escoriações e torceu o joelho. Como houve vítima, foi acionada a PM e feito o BRAT.

Meses depois meu cliente recebeu uma intimação para comparecer junto ao JECRIM, para responder a ação penal sob a capitulação do art 303 do CTB, haja vista que o motoboy alegou que foi ele (meu cliente) que avançou o sinal.

Não sou criminalista (apesar de gostar) mas como se tratava de uma coisa boba e eu sabia que meu cliente não era mau caráter, aceite defende-lo;

Audiência marcada, sentamos a mesa com a conciliadora e o motoboy se fez presente, acompanhado de seu "advogado". O mesmo queria realizar um acordo e terminar com aquilo ali, fazendo a proposta de R$ 1.000,00 para encerrarmos o assunto, valor esse que seria utilizado, segundo ele, para reparar sua motocicleta.

Não deu nem tempo de aconselhar meu cliente (a aceitar o acordo pois ele iria gastar mais comigo em honorários do que com o acordo).

O mesmo aponta pra mim e fala:

- Dou vinte mil reais ao meu advogado mas não te dou um centavo porque você não merece. E você sabe disso!

Eu abri um sorriso "de orelha a orelha". Primeiro porque essa seria minha reação no lugar dele; Segundo porque eu sabia quanto iria cobrar pela minha atuação naquele processo (não vinte mil mas uma coisa mais amena...Tá, não tão amena assim mas o cara é montado no dinheiro).

Proposta de acordo recusada, requeri em audiência que fosse remetido ofício a SMTR para que informasse se houve avanço de sinal dos veículos envolvidos na noite do acidente, sendo acatado o pedido pela Juíza. Foi marcada uma nova audiência para oitiva dos envolvidos e dos policiais que prestaram assistência naquela noite.

Em audiência ouvimos todos (meu cliente e o creti..., que dizer...indivíduo...)

Quando da oitiva do motoboy, após as perguntas do MP e no meu momento de perguntar, eu o inquiri 3 vezes, perguntando se ele tinha certeza de que o sinal estava aberto para ele. Na última vez ele respondeu: - Vejo o sinal verde tão claro com vejo o senhor.

Nisso chamei a atenção da Juíza e do promotor do documento juntado aos autos pela SMTR mostrando uma linda foto do indivíduo avançando o sinal vermelho.

Resumindo: Sentença: Absolveu meu cliente por inocência e ordenou a remessa de cópias do processo ao Ministério Público para apuração da conduta, por parte do indivíduo, de denunciação caluniosa.

Meu cliente teve a sorte de ter o controle eletrônico para desfazer a questão mas nem sempre podemos contar com isso.

A historia contada na abertura do tópico é exagerada mas não deixa de ter seus pontos, vamos lá:

1 - DENATRAN não "esclarece" nada sobre isso;
2 - Colisão entre veículos é colisão e sempre será (veículo X veículo). Atropelamento é veículo X pedestre);
3 - Algumas condutas mudam de acordo com o estado: Havendo vítimas, sejam elas fatais ou não, mesmo que seja um arranhão bobo, liguem para 190 e informe que há vitima mas que não necessita de apoio de ambulância mas que necessita de apoio policial para registro do BRAT. Se o atendente se negar a enviar, peça o nome do atendente, número de matricula e anote tudo, inclusive horário de atendimento.
4 - Tire fotos e filme (veículos, estragos nos veículos, local e ferimentos do "motoBOI", se houverem; procure no local testemunhas que presenciaram o fato e guarde informações de nome, RG, endereço e telefone de todos.
5 - Se o melian.., digo, motoboy se evadir do local aguarde a chegada da viatura, caso não apareça nenhuma viatura (ai depende dos seus estado), vá a unidade policial ou registre pela internet.
6 - Lembre-se sempre: Os magistrados também são pessoas como nós, eles andam de carro, ficam doentes, etc., e eles já estão reticentes (quiçá vacinados) quanto a estes verdadeiros estelionatários de duas rodas que tentam ir ao Judiciário para "se dar bem" diante da merda que fizeram.




IX Contagem
X Curitiba
XI Macaé
XII Ribeirão Preto
XIII Arujá
XIV Urubici
XV Florianópolis
Virago XV1100 >Falcon 07 > V-Strom DL 650

" - O dia que eu perder o medo de andar de moto, será o dia que eu deixarei de andar de moto."

Offline João_Biela

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 6.268
  • Sexo: Masculino
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #7 Online: Dezembro 28, 2015, 04:46:00 am »
Palavras da salvação, glória a vós adEvogado! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Colocação (uiiiii) útil quiçáááááá, perfeita!
16 98188 8002 TIM

Offline Martoleze

  • Ligando
  • *
  • Mensagens: 1
  • Sexo: Masculino
Re:DENATRAN-ESCLAREÇE,ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO!
« Resposta #8 Online: Março 10, 2017, 12:31:44 am »


DENATRAN - ESCLARECIMENTO IMPORTANTÍSSIMO

Se você bater em uma moto, ou uma moto bater em seu carro, não será uma simples colisão de trânsito.

Você é enquadrado no art. 303, do CTB.

Então as orientações abaixo são extremamente úteis e vale a pena serem
repassadas.

São pencas e pencas de T.C.O.'s do art. 303, do CTB, que chegam por
mês, principalmente envolvendo moto taxistas... esses são os piores,
pois vão querer te cobrar os prejuízos da moto e os dias que ficou
parado sem ganhar dinheiro.

ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO.

É ATROPELAMENTO!
FAÇA BOLETIM DE OCORRÊNCIA!!!

PONHA ISSO NA CABEÇA!

ORIENTAÇÃO PARA QUEM TEM CARRO! E para amigos de quem tem!!!

ISSO ACONTECE!

Abalroamento com moto não é colisão. É atropelamento.

É um aviso das Seguradoras:

"Como advogados sempre nos indagam sobre coisas parecidas, sugerimos o seguinte:

Registrar, fotografar (agora com celular é fácil até fazer um
filminho), pegar nome de testemunhas.

Leiam o relato abaixo, de um sinistro com um de nossos segurados:

"No mês de abril, o carro do meu filho foi abalroado na TRASEIRA, num
farol fechado, por uma motoqueira com outra na garupa. A moto caiu e a
garupa ficou com a perna embaixo da moto.

Meu filho filmou a placa da moto e obteve telefone com a garupa.

Telefone inexistente.

Um funcionário da CET, que estava próximo, acionou o resgate e a
motoqueira mandou cancelar.

Como ela não quis ser socorrida, o marronzinho pediu para que saíssem
do local, sem antes orientar meu filho de que seria interessante
registrar um BO. Foi o que fizemos na mesma tarde.

Um mês depois, recebi telefonema "em casa" da dita cuja, querendo
fazer um acordo, dizendo que o conserto da moto estava por volta de R$
800,00 e que a garupa machucou muito a perna, estando 20 dias sem
poder trabalhar.

Por ela não ter aceito o atendimento do resgate, disse que não teria
acordo nenhum.

Mais um mês se passou (Junho) e recebi uma intimação policial, na
minha casa, para me apresentar no distrito de Perdizes para prestar
depoimento, por "OMISSÃO DE SOCORRO".

Chegando lá, soubemos que havia sido registrado um BO e elas tinham
passado, 4 dias depois, no IML para fazer exame de corpo de delito.

Fizemos os depoimentos, meu filho como condutor, eu como proprietário
do veículo, o carro passou por perícia policial e o caso está com
minha advogada para provar que não houve omissão de socorro.

Felizmente o nosso BO foi feito antes do delas e tínhamos o nome do
policial que atendeu a ocorrência, bem como sabíamos a hora exata que
o chamado do resgate foi cancelado. Mesmo assim, a dor de cabeça e
trabalheira estão sendo grandes".

Agora, leia atentamente o texto abaixo:

Orientação das seguradoras

Todas as vezes que os senhores se envolverem em acidente de trânsito,
cujo terceiro seja um motoqueiro, façam o BO (boletim de ocorrência),
independentemente de serem culpados ou não.

Têm ocorrido fatos em que o motoqueiro é o culpado e tenta fazer um
acordo no local, diz que está bem e não quer socorro médico.

Só que, depois, ele vai a um distrito policial, registra o BO e alega
que o veículo fugiu do local sem prestar socorro, cobrando, na

justiça, dias parados, conserto da moto, etc...

Na maioria dos casos, as testemunhas do motoqueiro são outros motoqueiros.

Isto é um fato, pois está ocorrendo com muita frequência Portanto, não
caia na conversa do motoqueiro, que diz não ter acontecido nada.

Em um dos casos recentes a pessoa envolvida foi até a delegacia
registrar BO e, eis que, quando chega à delegacia, lá estavam os tais
amigos do motoqueiro tentando registrar BO de ausência de socorro.

ISTO É IMPORTANTE !!!

QUEM NÃO FOR MOTORISTA, REPASSE AOS AMIGOS.

ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO. É ATROPELAMENTO!

PONHA ISSO NA CABEÇA! OLHO VIVO!


Enviado de meu ASUS_Z00UD usando Tapatalk