Autor Tópico: Oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura (CHILE)  (Lida 2380 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline #Marcus

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 2.188
Oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura (CHILE)
« Online: Julho 20, 2009, 02:07:13 pm »
Oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura
Pozo Almonte, Chile



En el interior de Iquique, a 47 kilómetros del litoral y a 1.070 metros de altura, pude reencontrarme con un pedazo de la historia de Chile. Allí, en la sequedad del desierto más árido del mundo, sentí y admiré el espíritu de una raza de super hombres y mujeres. Las oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura fueron uno de los lugares donde se forjaron, a base de martillo y yunque, los obreros pampinos y sus familias, gentes sólidas y sacrificadas.
Geográficamente esta zona es conocida en Chile como el Norte Grande, constituida por el desierto de Atacama - uno de los más secos del mundo - y allí se encuentra la riqueza mineral de este bello país, compuesta por grandes yacimientos de cobre y salitre.














Maiores informações
http://elmundodeunfireflash.blogspot.com/2008/08/las-oficinas-salitreras-de-humberstone_18.html

http://es.wikipedia.org/wiki/Oficinas_salitreras_de_Humberstone_y_Santa_Laura






Offline chinaf

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 2.032
  • Sexo: Masculino
Re: Oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura (CHILE)
« Resposta #1 Online: Julho 21, 2009, 04:21:15 am »
Fala Marcus, blz ?

Cara, valeu pelo link, na viagem que fiz, não parei em Humberstone (só fotografei a entrada), estava com "pressa" de chegar em Tacna e de repente conseguir chegar em Moquegua no mesmo dia, sem precisar viajar à noite (e ainda o tal do planejamento, deixar de ver algumas coisas para ver outras).

Realmente é um lugar que vale a pena a visita e as fotos, foi uma pena não ter entrado, e só descobri isso vendo as fotos e as filmagens do Marcos e da Antonella (o casal de V-Strom que conheci lá em San Pedro de Atacama), realmente numa próxima viagem, tendo outras opções iria com certeza.

Aliás bobeiei de não ter fotografado muita coisa na Pan Am nesse trecho.

Tem um lugar único, mas como não tiro fotos de cemitérios, não tirei, mais é lindo e melancólico ao mesmo tempo.

No trecho da Pan Am que vem de Humberstone para Chuquicamata, há restos de várias salitreras, alguns lugares só permanecem as torres, em outros algumas ruínas beeem enferrujadas.

Mas, há no meio desse trecho um cemitério abandonado, provavelmente o que sobrou de uma "cidade" que foi engolida pelo deserto, já que não há cidades nesse trecho.

Como não tinha mais combustível, estava na reserva, há pelo menos 70 km's, não paramos para bater uma única foto, novamente não sei se tiraria a foto do cemitério, se tivesse o combustível, mas há poucas, mais lindas paisagens nesse trecho que valem o registro, mas é sempre bom recordar esse trechoe é bem cansativo e não há suporte (combustível, postos, etc.).

Grande abraço,
No momento não estou participando do fórum, por favor não enviem MPs para mim, não poderei responder, sorry.

Offline #Marcus

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 2.188
Re: Oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura (CHILE)
« Resposta #2 Online: Julho 21, 2009, 09:18:51 am »

chinaf

realmente esse lugar deve ser demais!

Uma curiosidade, quantos kilometros vc ja percorreu na sua Fazer 250 em 1 dia?

Estou pensando seriamente em comprar uma dessas(custo/beneficio acho a melhor opção), por ser uma 250, grande autonomia tanque e a duvida e em realação a percorrer 1000km em um dia numa moto dessa? ja teve essa oportunidade? :D


Offline Paulo Gomes

  • Ralando as pedaleiras
  • *****
  • Mensagens: 582
  • Sexo: Masculino
Re: Oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura (CHILE)
« Resposta #3 Online: Julho 21, 2009, 10:58:09 am »
Vou colocar no meu roteiro essa parada !!!
pelo menos uma ou quinhentas fotosss i.aia; i.aia; i.aia; i.aia;
Valeu a dica.

Linda as fotos !!

Valeu !! :thumleft:

Offline chinaf

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 2.032
  • Sexo: Masculino
Re: Oficinas salitreras de Humberstone y Santa Laura (CHILE)
« Resposta #4 Online: Julho 21, 2009, 01:38:16 pm »
Fala Marcus, blz ?

Cara, vou te falar, o nosso recorde :D, ou seja, meu e da patroa e bagagens foi de Arica-San pedro de Atacama, algo em torno de 850 km's. :thumleft:

Foi onde achei que ia dar pane seca na moto.......heheheheheheeheheh ehehehehehehe :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi

Exatamente nesse dia que comentei do cemitério no meio do nada......heheheheheheheehehe heheheh :thumleft:

Olha andar 1.000 km num dia não é difícil em nenhuma moto :D, o duro é fazer isso todos os dias :shock: :hãaaa, aí é que não dá :cry:, nesse caso, vc precisa além de conforto, que a Fazer dá, vc não sendo muito alto, mas também o ponto da velocidade. :thumleft:

Conversei sobre isso com o Marcus e Antonella, eles na V-Strom estavam andando dia 1.200 km/1300 km, acho que o recorde foi 1.500 km, mas aí é o conforte com a velocidade, manja. :thumleft:

Em compensação o consumo deles foi lá para a casa do chapéu, tiveram 3 panes secas nessas horas, e não é por falta de atenção é pq no Chile (no Norte, ainda não conheci o Sul) é raro achar um posto próximo.....

Cara, sobre a Fazer e longas viagens, só posso dizer, ela dá e sobra pra mim, não sou de correr, não sou de ficar fazendo ultrapassagens desnecessárias e se alguém tenta passar por cima, tenho uma folguinha para fugir :thumleft:.

Para curvas é excelente :thumleft:, fazer curvas mais fechadas em altas velocidades e de forma bem tranquila, não sou experts em curvas, mas de vez em quando dá para se divertir (principalmente nessa parte da Fernão dias, o lado Mineiro na Serra da Mantiqueira). :D

Em estradas de terra, dá para andar legal para uma street, pois ela é leve e a Fazer por ter o torque em baixa, te deixa confortável, não precisa andar com o motor cheio e não dá trancos em baixíssimas velocidades. :wink:

O ruim dela, nesse quesito é que vai chacoalhar, pois a suspensão dela é feita para "curvas" e não para "costelas de vaca". :hihihi

Enfim, sobre o motor, há relatos que li, de mais de 200.000 km's inteirinha, só regulando válvulas (culpa da tecnologia da R1), mas também já vi gente falando que teve que fazer o motor com menos que isso, no meu caso, já está nos 70.000 km's.

Defeitos da moto, sim, há defeitos :oops:, assim como a Falcon tem o RR, a Fazer tem o tubo de deliberação de alguns modelos :thumbdown:, pois é tem gente que já teve que trocar essa peçinha maledita (que leva o óleo para o filtro de óleo) de um lado do motor até o outro lado (onde exatamente não sei....heheheheh), culpa de um lote ruim que veio depois da nacionalização da peça, segundo o mecânico da minha concessionária o meu modelo ainda é japonês (e falam mal do "tubo de japonês".....heheheheehehehh). :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi

Outro problema é uma peça que vai na biela do motor que está "dando dor de cabeça" para uma galera, pois a Yamaha está tendo que fazer a troca dessas peças, como sempre, depois de muuuuuita discussão. :cry: calada1

Não é o caso da minha Fazer, ufa!! :D

E finalmente o problema do preço das peças, um corpo de injeção da Fazer custa 1.200,00 legais, e se der problema só num sensor, NÃO TEM PROBLEMA, o custo é de 1.200 legais......heheheheheheheheh e

Vc vai ter que comprar o corpo de injeção se der "pau" na sua injeção, mesmo que seja, num sensorzinho só, ou no caso mais simples, numa borracinha que vai no sensor híbrido, que a Yamaha não vende separado, nem á pau......

Já vi o pessoal do Fol (Fazeronline) comentando que a Yamaha vai começar a vender a tal borrachinha separada..... Será ???

O fato é que agora que está popularizando a injeção eletrônica, Thanks God!!!! :thumleft: :cheers: .clap com a dona Honda, muitas peças "intercambiáveis" vão surgir, ou seja, a bomba de combustível, pelo que já li, também no Fol (Fazeronline) é a mesma da CG150, só que tem que desmontar ela para ver.

Senão quiser, separa mais 1.000 legais para a bomba de combustível.

Segundo o que li em alguns lugares, essas peças devem durar mais tempo que o tempo de vida útil da moto, se for verdade, um dia vou descobrir, já casei com a minha......hehehehehehehehehe hehehehehehehe

Para mim, e vou falar a verdade, só faltava a sonda lambda (IHHHHH!!! Corre Bino é fria!!), pois é polêmica na certa, enfim, vou ficar com essa eterna dúvida, se a Sonda Lambda ia resolver os "probrema" com os combustíveis de fora, claro, isso se a Yamaha fizer a lição de casa e lançar um mapa que preveja combustíveis diferentes, usando a famosa peça para isso, ou seja, a Sonda Lambda, se ela fizer, ponto pra ela, afinal terá uma legítima FLEX, com mapas otimizados, mas infelizmente duvido que façam isso, vai custar uns legais a mais, mesmo pensando em linha de produção, que deve reduzir isso para a casa das dezenas, não creio que o farão........

No mais alguns relatos legais e legais mesmo sobre viagens com a Fazer:

O primeiro doido que foi para Ushuaia de Fazer 250: :thumleft:

http://inema.com.br/mat/idmat074688.htm

Esse baiano é gente boa, já troquei umas linhas com ele no orkut, está na comunidade Fui de moto para Ushuaia, gente fina mesmo!!!

O segundo doido, foi "yo" e logo em seguida esse aqui, ou melhor essa aqui :thumleft::

http://inema.com.br/mat/idmat096993.htm


O pai dela é super viajante de moto :thumleft:, já fez quase todos os estados brasileiros de..... hmmmmm.... CG 150 Titan :shock: :hãaaa :roll: :cheers:.....heheheeheheheh

Tem mais um cara que o pessoal vive citando, um que foi de moto até Iquique saindo de Floripa e tentou ir para Ushuaia depois.

Vou postar os links dos relatos, mas não tenho muito a falar sobre ele, nem sobre a viagem dele, já tive contato com ele, uma vez, mas sei lá, não rolou o "click"...... Não sei explicar o motivo, o cara parece ser gente boa.....

Enfim, fica pela curiosidade dos relatos dele:

http://atlantico-ao-pacifico.blogspot.com/

E quando ele foi para Ushuaia, mas não chegou:

http://ushuaia-de-moto.blogspot.com/

Quem sabe lendo vc tenha uma noção de como é a Fazer, na visão de outras pessoas.

Eu particularmente adoro a autonomia da moto, entra na reserva com 310/320 km's, e ainda roda uns 150 km's, mesmo o pessoal falando que não se deve andar com a moto na reserva para não "estragar" a bomba.....heheheheheheehehehe heheheheh

Putz e como eu já tive o "azar" de ter que ficar andando na reserva, no cheio, no átomo do combustível.....heheheheheeheheheheh

Cara, espero ter ajudado na sua dúvida aí.

Não se esqueça a Fazer é só uma 250cc e tem muuuuuita diferença da sua 500cc, deve vibrar mais e demorar mais para esticar, deve ter mais dificuldade de ultrapassar, mas vai virar uma bicicleta, pois é bem mais leve e tem uma posição super confortável, corpo ereto, pernas não muito dobradas, suspensão com regulagens (que funcionam mesmo), e dá BENGA na CB3 :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi :hihihi......heheheheheheheheh eeheheheheh.

Brincadeira, sem xiitismo....heheheheheehehehe heheh

Grande abraço,




No momento não estou participando do fórum, por favor não enviem MPs para mim, não poderei responder, sorry.