FalconOnLine - Aprecie sem Moderacao

Esportes em Geral que Não Motos e Afins => Ciclismo => Tópico iniciado por: Elton em Outubro 24, 2013, 01:26:26 pm

Título: Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Elton em Outubro 24, 2013, 01:26:26 pm
Buenas,

Já fazia mais de três anos que eu queria fazer um percurso pela Serra da Bodoquena (http://pt.wikipedia.org/wiki/Serra_da_Bodoquena). Quando eu morava em Campo Grande,

somando ida e volta, saíndo de casa, seriam aproximadamente 7 dias. A única dúvida era por onde contornar a Serra. Agora morando em Bonito ficou mais fácil, pois a

cidade já está inserida na Serra da Bodoquena. (Temos um Parque Nacional na Serra, http://www.geoparkbodoquenapantanal.ms.gov.br/)

Bem, o que  fiz foi relativamente simples (na teoria), pois bastava sair de casa, pegar a rodovia estadual MS-178 até a cidade de Bodoquena, que fica a 75km, almoçar e

partir para o Distrito de Morraria do Sul (Bodoquena) que fica a uns 30 km dali, seguindo pela estrada MS-339. O pernoite seria no distrito e no dia seguinte retornar

para Bonito seguindo pela MS-339, com a opção (ou obrigatoriedade) de dormir em algum lugar para a pedalada não ser tão longa em um dia só. Mas foi. Fiz em 2 dias, veja fotos e o relato.

1º dia

(https://lh5.googleusercontent.com/-S5i8SNAAJfA/Uj0CSNn-8_I/AAAAAAAAFSo/f3kzA25TI1Q/w978-h550-no/100_0012.JPG)

Saí de casa às 06h. Estava frio. Usei um corta-vento que fazia 2 anos que eu queria inaugurar. Segui para Bodoquena, com a intensão de almoçar por lá. O vento contra

não era muito forte, mas era gelado. No percurso tem 3 subidas fortes e longas. Eu sentia o suor escorrendo por dentro, as a temperatura continuava baixa. Só fui tirar

o   anorak quando cheguei para almoçar. Atravessei a cidade procurando (e passeando) um restaurante. Encontrei meio por acaso um lá no outro lado da cidade. R$13,00 o

almoço mais R$4,00 um refrigerante cola de um litro. Comida boa.

Em seguida já saí sentido a MS 339, que após uns 5km virava um estradão de chão. Logo de cara uma subida  gigantesca, que eu acredito que só não empurrei a bike porque ainda não estava cansado.
Nesta 1ª foto, já do outro lado, descendo e a 2ª, o Rio Salobra:

(https://lh6.googleusercontent.com/-Svt3J5ViITk/UkAw8XCv8TI/AAAAAAAAFTw/IS8FFEgqMKU/w978-h550-no/100_0023.JPG)
(https://lh3.googleusercontent.com/-AT78-ZiVnJM/UkBUZMTR_oI/AAAAAAAAFUg/9QCDqcgEpKk/w978-h550-no/100_0025.JPG)


Nesta época do ano, após várias semanas sem chuvas, a vegetação está muito seca e encoberta por poeira, mas a paisagem em si é muito bonita.

Após uns 20km pedalados após o almoço, começa a subida da serra. Tímida no início, pois a estrada passa por entre um vale onde os paredões nos cercam pelos dois lados,

mas logo acaba a moleza, o desnível aumenta muito e em instantes percebo que não basta querer, a bike está pesada, o terreno é bem inclinado e as pedras soltas fazem a

roda patinar (usando as marchas mais leves) então só resta empurrar. Empurrar a bike? Não, eu não vou empurrar. Vou tentar de novo. Putz, não dá. Mas peraí...não tô

conseguindo empurrar. Caráleo, a subida é tão forte que só consigo ... puxar a bike! É isso mesmo, a posição puxando pelo selim é a mais apropriada para "rebocar" a

bike. Veja se na foto dá para perceber lá embaixo o desnível (Até o trator fundiu o motor e pegou fogo):

(https://lh5.googleusercontent.com/-IWoZ1sEoK8A/UkCNgSFSkBI/AAAAAAAAFVY/n6Un55YZtf4/w978-h550-no/100_0044.JPG)
(https://lh5.googleusercontent.com/-LezpRQA7RDs/UkDxGl0lZwI/AAAAAAAAFV4/p6XKhL00L6M/w978-h550-no/100_0054.JPG)
(https://lh5.googleusercontent.com/-aYFu8JOAVrs/UkB5J_Bo8DI/AAAAAAAAFVI/v4BOXIHXTXA/w978-h550-no/100_0038.JPG)

15:00h - Finalmente cheguei no distrito de Morraria do Sul

(https://lh3.googleusercontent.com/-AE5ojpAHtcU/UkHaW6bBDII/AAAAAAAAFWc/sy64Rp_zzso/w978-h550-no/100_0067.JPG)

Após algumas conversas, descobri que o pouso teria que ser na barraca (conforme eu já imaginava, fui preparado). Acabei ficando na quadra de esportes da escola local:

(https://lh4.googleusercontent.com/-CeaaaVFugW0/UkIVJVUvA5I/AAAAAAAAFZg/KLl4Le3u0nw/w978-h550-no/100_0106.JPG)

No local existe um "mirante" (área particular, de pastagem) e me dirigi até lá, pois é uma das paisagens que me inspiraram a fazer a pedalada. O dia estava nublado e o

ar carregado com um pouco de fumaça, mas pelas fotos vocês vão perceber a beleza do lugar, que é conhecido como "Campo dos Índios":

(https://lh5.googleusercontent.com/-GyaUdJMzY8O9v6OS9zlVAyBflCtqitWA2btP4vRvrs=w978-h550-no)
(https://lh3.googleusercontent.com/-WfvKCAHKOVc/UkHjQ-6VShI/AAAAAAAAFWs/2tuVnbTNkeo/w978-h550-no/100_0070.JPG)
(https://lh4.googleusercontent.com/XHGA8GKSi8Rl9IM7LR6BGlDqTtdIpiuEEjCOlY0A6ME=w978-h550-no)
(https://lh6.googleusercontent.com/-3ZWzb2j4g8Q/UkH1IMzvRCI/AAAAAAAAFX0/8iaE-Uy5Glw/w978-h550-no/100_0084.JPG)
(https://lh3.googleusercontent.com/sv0nAwnpt9hU-5IjcjfSxrwUcv3gl-CLjmx-WrlAmik=w978-h550-no)
(https://lh3.googleusercontent.com/k_f2ZItSuNT3v_IlF5UkQLDJdh8AB0cgilJ-ABalt6A=w978-h550-no)
(https://lh3.googleusercontent.com/12UNsocb-U1w3NTb6-at_xVPo5yKCtQLb1TyvJsX1ss=w978-h550-no)

o vídeo deste lugar está aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=Y59SEJR-Ork
http://www.youtube.com/watch?v=ZQWxQg6LArc


2º Dia

No outro dia acordei logo depois das 5:00h e até guardar tudo e ficar pronto para sair era 06:15h. Deixando para trás o distrito de Morraria do Sul, a paisagem

continuava muito bonita, mas cobrava seu preço...subidas e descidas intermináveis. Para quem até o dia anterior já tinha pedalado 23.000km nesta bike, ao longo de 5

anos e só tinha empurrado duas vezes, nestes primeiros 5km do dia, ela já tinha sido "rebocada" 4 vezes.

(https://lh3.googleusercontent.com/-55TxU8plauQ/UkIX6ddSuyI/AAAAAAAAFZ4/jluuuufCsNM/w978-h550-no/100_0120.JPG)
(https://lh4.googleusercontent.com/FHyk_LTgrqXEv7qfiCD2vXoO2IOxEjK7PywU9Rl5CU8=w336-h188-p-no)
(https://lh3.googleusercontent.com/1RUvqTxaO1NkF6HIsX7egI4W12DUTtMxRcWTGaqtDkw=w978-h550-no)
(https://lh4.googleusercontent.com/wIBAwkL4nFnhe8tgcWsidL0ZRspDg2nWo3LjMITk72A=w978-h550-no)
(https://lh4.googleusercontent.com/ybtbU9ZmxP-zFPm19MrbN3_wUOhorl1mY7JnlutClF4=w978-h550-no)
(https://lh3.googleusercontent.com/-bEeg7wBTmoA/UkJF43BoDKI/AAAAAAAAFbc/YZGPRlHAFhE/w978-h550-no/100_0149.JPG)

Minha sorte foi que o dia amanheceu com pouco sol e temperaturas meio baixas. Mas isso logo mudou. Lá pelas 10:00h o céu abriu e a temperatura subiu bastante. A

topografia típica de serra, que em alguns momentos nos dava alegria, ora sendo um trecho plano ora uma leve descida, nos mostrava aquilo que todo  ciclista sabe: após

uma descida...vem sempre uma subida! E aqui as descidas tem que ser usando o freio no máximo, pois tem muita pedra, são em curva e tem muito buraco. O tempo todo nas

descidas eu escutava o pneu traseiro dando pequenas arrastadas, em virtude do terreno irregular. A média que no asfalto do primeiro dia (75km) foi de 22km/h, agora não

 chegava nos 11km/h!

Outro lugar que tive que parar e tirar umas fotos (e filmar) foi na cota mais alta do percurso, 770m de altitude. Veja algumas imagens:

(https://lh3.googleusercontent.com/-JyO182CzWco/UkI3WJk70OI/AAAAAAAAFa8/kP6_ZqoJ4Oc/w978-h550-no/100_0151.JPG)
(https://lh4.googleusercontent.com/NMvCXn9jxAp7ZUXhrUIkAgYCcMnQWhvQpVUqWapPT34=w978-h550-no)
(https://lh5.googleusercontent.com/yp5QcpWy2s9GP-D-sztoalRc1rHy9lQ-5aSllnoewLA=w978-h550-no)
(https://lh4.googleusercontent.com/LC56wtg7WmkJCA5glr2ICJ7dUYjnntaNmiu0mIHHFe4=w978-h550-no)
(https://lh6.googleusercontent.com/-pMwMv0o7qY4/UkQtgi9uzCI/AAAAAAAAFcI/oxmWadWCWzo/w978-h550-no/100_0157.JPG)
(https://lh6.googleusercontent.com/-LPY1crIT26c/UkQ1qGiUyUI/AAAAAAAAFck/piiH2rLVIo0/w309-h549-no/100_0163.JPG)
(https://lh4.googleusercontent.com/-mAXLbjpPyjU/UkQ2So1I7vI/AAAAAAAAFcs/hktH2Zs8F1c/w978-h550-no/100_0164.JPG)
(https://lh6.googleusercontent.com/D1RkbWDqJ6NnZ5TRfEQN4lj04mhXGx_X193Mx7YbHuc=w978-h550-no)

um vídeo
http://www.youtube.com/watch?v=0dc1X1t9Pbw&feature=em-upload_owner

Ao longo do percuro, observei várias vezes a demarcação de terras indígenas:

(https://lh4.googleusercontent.com/-TzHWSJ418AQ/UkRfnagZ2VI/AAAAAAAAFeI/EVbOcfzr-8E/w978-h550-no/100_0183.JPG)

No período da manhã, as paisagens eram mais bonitas, fazendo que que eu parasse várias vezes para tirar fotos (e com muitas subidas, descançar)

(https://lh5.googleusercontent.com/-gwgZoaGHdk0/UkRC2-5s9CI/AAAAAAAAFdg/OgtpWXy5miY/w978-h550-no/100_0174.JPG)
(https://lh3.googleusercontent.com/-awocq8rgVqY96NKgeINwNALuF0-BlVybqyStz6rw0E=w978-h550-no)
(https://lh3.googleusercontent.com/xlyE5SmohXUdrqmTccAzAsAjaH9sipDMUWLyAZvQP3s=w978-h550-no)

Quando diminuiu o sobe-e-desce, começou a esquentar. A temperatura subiu bastante e aparecendo o sol que estava escondido já fazia uns 4 dias. Aqui no MS, no inverno,

faz muito frio, mas a frente fria que chega não é longa, dura em média 3 dias voltando a esquentar bastante e este dia era o terceiro.

Após começar a pedalada do dia, só passaram por mim uma kombi escolar, e duas motos, logo nos primeiros 3kms, depois nada mais até lá pelas 14:00h. Lugar deserto. Só

fazendas e fazendas, todas com grandes áreas, então a 'civilização' aqui fica sempre distante. Então, eis que surge o único problema da viagem: o bagageiro QUEBROU em dois

lugares ao mesmo tempo. Não escutei barulho, ele simplesmente 'afundou' e começou a raspar no pneu. encostei na primeira sombra para ver o que fazer. Eu precisava de um arame (que

eu tinha em casa e esqueci de pegar). Tinha comigo alicate, câmera de ar cortada em tiras e fita silver tipe. Uma busca pelas imediações e eu só achava aquele arame de

cerca, muuuito grosso e duro (ui), impossível de dobrar.  Voltei p/ a bike, sentei, tomei um tereré gelado, pensei, pensei. Saí de novo procurando e acabei encontrando

um arame mais fino, que resolveu meu problema. Veja na foto o local da oficina e como ficou o 'remendo':

(https://lh4.googleusercontent.com/-u6Oi373jf40/UkRxt-rj2HI/AAAAAAAAFfI/TcZdOZw2gZs/w978-h550-no/100_0204.JPG)

(https://lh4.googleusercontent.com/-UcHU5EekcWA/UkR5feINhmI/AAAAAAAAFf4/1_-V0M3RRmg/w978-h550-no/100_0205.JPG)

(https://lh4.googleusercontent.com/-kYsGIto5qS4/UkR5wYSFpNI/AAAAAAAAFgA/YmDNL-e__78/w978-h550-no/100_0206.JPG)


Perdi no local mais de 01:30h. E o calor aumentando muito. Resolvido o problema, segui o fluxo. A paisagem que era bonita foi modificando.

(https://lh4.googleusercontent.com/-mzDldEhplRM/UkRo7anlx4I/AAAAAAAAFe4/vwjfEV4Dxpc/w978-h550-no/100_0194.JPG)

Entrando no município de Porto Murtinho/MS, que abrange grande parte do Pantanal Sul.

(https://lh3.googleusercontent.com/e34LsWSIAzhlxchzE80I6g8qX6dG8FEwqfV0fji0cu8=w978-h550-no)

(https://lh3.googleusercontent.com/-2Em8G7bSSqU/UkR2FRew3gI/AAAAAAAAFfg/cYX8BIxS_oY/w978-h550-no/100_0210.JPG)

(https://lh3.googleusercontent.com/l6dY-iolH2KdlMMAN519eqZZnlNjUgQ4LXOHbNdDVp0=w978-h550-no)

Lá pelas 14:00h, cheguei no Assentamento Guaicurus, também conhecido com "Incra". Um povoado bem pequeno, que a princípio eu tinha como ponto de apoio e que poderia

dormir em algum lugar, armando a barraca. Porém, observando as horas e sabendo que faltavam só 70km para chegar em casa, resolvi seguir direto. Só fiz uma pequena

parada para um pacote de bolacha/biscoito e duas latas de refrigerante. Seguindo para Bonito. Vim pela direita. à esquerda, é caminho para o Pantantal, Campo dos Índios, Rio Paraguai:
(https://lh6.googleusercontent.com/-a1enQ1Qnk4w/UkR_6-vBUjI/AAAAAAAAFgg/aaFSzirrEV4/w978-h550-no/100_0215.JPG)

A próxima parada foi depois de uns 20km, onde tinha uma lanchonete. Como 3 pastéis e tomei dois sucos (17,00).
(https://lh5.googleusercontent.com/-JMPnJ4rVImU/UkR8wAWToGI/AAAAAAAAFgM/dkgYfzuCGi4/w978-h550-no/100_0216.JPG)

Uma Seriema, de tantas que vi e ouvi:
(https://lh5.googleusercontent.com/yrsQWdMtw9kI__xlxXKYMo5QW4Z1iMRo8XVjpA18qgM=w978-h550-no)

Logo depois, uma pausa para o banho e tomar um tereré. Quem conhece Bonito sabe da fama das águas geladas da região. Este rio bate qualquer recorde de temperatura

baixa. Putz, muuuuito gelada:
(https://lh6.googleusercontent.com/-6FByZXZOKSg/UkSs5X1z2aI/AAAAAAAAFhE/F63q2jYhh38/w978-h550-no/100_0223.JPG)
(https://lh4.googleusercontent.com/HtWJi6RY9h7Bq08Yyv-PhNeWpHsc2LRm9F5638jMCTU=w978-h550-no)
(https://lh3.googleusercontent.com/aZbaw0lucaw7e3-Q-LME_igbdV52BlbfejuMSCDIt7E=w978-h550-no)

Daqui até em casa só mais uns 45km.
(https://lh5.googleusercontent.com/-8sM9d72BlBM/UkSyVXNGyEI/AAAAAAAAFhc/oleiKMaW_yo/w978-h550-no/100_0234.JPG)
(https://lh5.googleusercontent.com/-Ky1Aa3hKw-c/UkS1-Cg7axI/AAAAAAAAFho/vVKoaRkhvq8/w978-h550-no/100_0236.JPG)

Não lembro a hora, mas quando entrei na cidade estava escuro. Cheguei bem e com vontade de mais.
(https://lh3.googleusercontent.com/-8IyP1hlgEPY/UkTn6eVUfhI/AAAAAAAAFiE/fKH92RmEjbY/w978-h550-no/100_0237.JPG)

Foram dois dias pedalando, totalizando 236km e falo com certeza, foi a pedalada mais difícil que eu já fiz. Nunca na história deste país, eu me imaginei empurrando -

puxando - a bike tantas vezes. Certamente foram mais de 8 vezes. E puxadas longas e com pausa. Assim é a Serra da Bodoquena/MS.

Abraços.


Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: João Lino em Outubro 24, 2013, 02:26:12 pm
Valeu Elton, que belo passeio de bike
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Polenta em Outubro 24, 2013, 03:41:07 pm
Show de bola linda as paisagens.....
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Elton em Novembro 06, 2013, 10:11:59 am
João/Polenta,
pensa num percurso difícil...
multiplica por 3 e te digo: valeu cada gota de suor!  :thumleft:
elt, elt, elt,
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Loureiro em Novembro 07, 2013, 03:08:31 am
show de roda hein... agora, esse bagageiro, não tem jeito... o projeto dele foi feito pra quebrar... é raro achar um que não quebrou...


Abraço meu amigo

Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: João Lino em Novembro 07, 2013, 03:54:40 am
João/Polenta,
pensa num percurso difícil...
multiplica por 3 e te digo: valeu cada gota de suor!  :thumleft:
elt, elt, elt,

Pelas fotos dá pra ter uma idéia da beleza da região, mas nada como estar lá e "sentir" o lugar e o momento
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Resmungão em Novembro 07, 2013, 05:00:58 am
Que lugar bacana, Elton!!

Parabéns pela disposição e preparo físico e valeu por compartilhar  :thumleft:

Abs
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: George.Duda em Novembro 07, 2013, 05:21:24 am
Show Elton,

Parabéns pela viagem, fotos e relato!!!

Morei 10 anos em Campo Grande e conheci muitos lugares do Ms, principalmente essa região,.. de moto.. carro...  de bike, fui somente até a cachoeira do inferninho, na saida para Rochedo... rapel de 40 mts... meu primeiro foi na fazenda natural country de corguinho, 70 mts e boca da onça 90mts.. oh saudades dessa belezura de estado e das aventuras   rit50

abs
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Gubert em Novembro 07, 2013, 07:13:46 am
 .clap .clap .clap

Maravilha Elton  .clap .clap Parabéns pelo passeio!

Numa hora dessas vou querer participar  ,10468

Abraço,

Gubert ,10468
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Elton em Novembro 09, 2013, 08:33:05 am
show de roda hein... agora, esse bagageiro, não tem jeito... o projeto dele foi feito pra quebrar... é raro achar um que não quebrou...
poizé,
depois dos relatos que eu li, já sabia que ia quebrar, só não sabia quando  :hahaha
abraços

----------------

Que lugar bacana, Elton!...Parabéns pela disposição e preparo físico e valeu por compartilhar
gracias, abraços

---------------

Morei 10 anos em Campo Grande ...  de bike, fui somente até a cachoeira do inferninho... rapel de 40 mts... meu primeiro foi na fazenda natural country de corguinho, 70 mts e boca da onça 90mts.. oh saudades dessa belezura de estado e das aventuras   
passei trocentas vezes pelo Inferninho, trecho muito utilizado pelos bikers de C.Grande
abraços

----------------

Maravilha Elton  .clap .clap Parabéns pelo passeio!
Numa hora dessas vou querer participar
é só se programar e vir! a região tem muita opção, depende principalmente das pernas :doido
abraços

--------

elt,
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Leo Cascavel - PR em Novembro 10, 2013, 01:54:06 am
 .clap .clap .clap .clap
Conheço uns colegas que gostariam de fazer uma aventura dessa, eu só de moto  :hihihi :hihihi :hihihi
Parabéns
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Elton em Dezembro 16, 2013, 10:27:47 am
Leo,
Acho que o lex_toledo já fez o percurso de moto. Olhando no Google Earth tem umas fotos dele na região.
Mas de moto deve cansar. :tongue:
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: lex_toledo em Dezembro 16, 2013, 12:46:53 pm
Leo,
Acho que o lex_toledo já fez o percurso de moto. Olhando no Google Earth tem umas fotos dele na região.
Mas de moto deve cansar. :tongue:

 .clap .clap .clap .clap .clap .clap .clap

SHOW Elton..............que pedal PUNK heim!!!  :hãaaa :hãaaa :hãaaa PARABÉNS

fizemos de moto sim, em janeiro de 2012...................reconh eci muitos lugares nas fotos que vc tirou............é muito lindo aquela região mesmo.

Estou querendo voltar em 2013
Título: Re:Campo dos Índios - Serra da Bodoquena - Bonito
Enviado por: Elton em Dezembro 17, 2013, 03:54:17 am
2013? este mês? de bike? :geek: